quarta-feira, dezembro 08, 2010

Wenger aproveita mal seus jogadores

Na teoria o esquema tático base do Arsenal na partida contra o Partizan foi o 4-4-2 em linha, com Song e Denilson por dentro e Nasri e Arshavin nas asas do meio-campo. Porém na prática se configurou um 4-2-3-1, pois Van Persie voltava à linha dos volantes adversários.

No entanto não quero me prender a números de sistemas neste post, mas sim criticar de maneira construtiva as opções tomadas por Arsene Wenger na distribuição dos jogadores em campo.



Por que o camisa 10 teve de voltar e atuar mais na meia do que no ataque? Porque, a meu ver, os jogadores mais talentosos (Arshavin e Nasri) estavam escalados nas beiradas do gramado. Já que Denilson e Song não primam pela criação, o corredor central ficou órfão de invenções, e coube ao holandês buscar o jogo atrás.

Devido à sua visão acima da média e à qualidade em seu passe vertical, a melhor alternativa, na minha opinião, era ter Nasri na articulação central de um 4-2-3-1, com Chamakh (ou Van Persie) na ponta direita (isso baseado nos nomes que foram titulares nesta quarta-feira, porque se for para considerar os altetas do banco, por mim Walcott teria começado entre os onze no lugar do 29).

Quando Fábregas está à disposição, vá lá, é compreensível que Nasri seja escalado no lado. Caso contrário, não. E mesmo com o espanhol e companhia disponíveis, não precisa ser vidente, me parece evidente que o Arsenal não terá vida longa na Champions League.

8 comentários:

Daniel Batista disse...

Vi voce me seguind no Twitter, valeu!

Gostei muito do seu blog, comentarios coerentes, sem fanatismo ou tentativa de criar polemica.

Parabens! Bom trabalho!

Rafaela Andrade disse...

Faz tempo que não venho aqui, passei só para deixar um abraço amigo.

Faz sentido, confesso que faz sentido... hehehe Obrigada pela visita. Um abraço!

Rafaela
http://www.apenasumponto.blogspot.com/
http://www.apenasumpontoesportivo.blogspot.com/

Porque todo brasileiro tem um pouco de técnico e um pouco de cronista.

João Gabriel disse...

Era fã do Arsenal 2003/2004. Bergkamp, Henry, Ljumberg.
Hoje, o time tem bons jogadores como Arshavin (o melhor russo que já vi jogar), Nasri, Fabregas...
No entanto, é um time que não me agrada.
Assim como Wenger.

Abraço, Carlão.

Dá uma olhada no meu blog, através dele consegui uma coluna mensal em um jornal da minha cidade, o Classificarros. (Avaré SP)

www.jonesbegol.blogspot.com

juninho disse...

O jogador van persie deveria fica um pouco mais para atrás para nao prisar volta para o meio e seu companheiro de ataque deveria fica como um centroavante.

Luís Felipe Barreiros disse...

Concordo com o Juninho. Persi deveria ficar um pouco mais atrás e forçar a região do meio-campo.

Abração e hoje é dia de entrevista exclusiva no blog,

Luís - @luisfbarreiros
porforadogramado.blogspot.com

Luís Felipe Barreiros disse...

To estreando um quadro novo no blog 'Futebol Rio-SP'. Espero você lá.

Abração,


Luís - @luisfbarreiros
porforadogramado.blogspot.com
http://futebolrio-sp.blogspot.com/2010/12/sobe-e-desce-semanal-6-1312.html

Andre Martins disse...

Nao é a toa que o Chelsea virou papão de titulos da Inglaterra...Enfim,parabens pelo blog,sempre que posso estou seguindo...gostaria tambem,senao for incomodo,que seguisse o meu:

http://escudosumapaixao.blogspot.com/

espero vocês lá,hein!

Anônimo disse...

http://noticiasfutibolisticas.blogspot.com/