sexta-feira, fevereiro 15, 2008

Alô, Freud?

Nem três meses, nem dez jogos, e Vágner Mancini foi mandado embora do Grêmio.

Não entendi.

Os dirigentes do Tricolor disseram que Mancini é muito "passivo".

Passivo? Não entendi.

Será que não passa de uma complexidade gauchesca?

Será que querem um gaudério macho, faca na bota, e acima de tudo, ativo?

Sei não.

Se alguém tiver uma explicação, eu aceito.

Ou o telefone de Sigmmund Freud.

Um comentário:

gerson sicca disse...

Pela boataria futebolística, se o Grêmio queria um índio faca na bota, não sei se escolheu certo...