terça-feira, fevereiro 26, 2008

Richarlyson, Hernanes e mais nove

"Um grande time começa com um grande goleiro!", dizem por aí.

Mentira. Um grande time começa com um grande volante.

No futebol moderno, os volantes são os pulmões do time.

Sem uma boa dupla de volantes o time fica sem direção, e não chega a lugar algum.

Uma boa dupla, como Richarlyson e Hernanes.

Dupla que este ano foi jogada para escanteio.

E, por causa disso, o São Paulo estreiará na Libertadores sob o olhar inseguro de seus atletas e cartolas, e desconfiado de sua torcida.

5 comentários:

Bruno Silva disse...

Não diria que foram jogados para escanteio, mas perderam o foco dos holofotes. Com isso, Hernanes caiu de produção e Rick parece ter se iludido com a seleção.

Abraços!
http://pandegosepatuscos.blogspot.com/

Vinicius Grissi disse...

A contratação de Zé Luís e Fábio Santos fez muito mal ao São Paulo, principalmente o segundo, que chegou com status de titular. Acabou "roubando" um espaço dos dois em campo. E o São Paulo ainda não se encontrou.

carlão disse...

Concordo com o Vinicius, Bruno.

É mais uma questão tática do que emocional.

gerson sicca disse...

Não só no futebol moderno, mas desde os tempos do 4-3-3 os volantes são fundamentais em uma equipe. Sem um bom volante não há correta cobertura dos zagueiros e diminuição do espaço de armação do adversário. Sem o volante os meias penam, pq sobrecarregam-se. Posso até ter um zagueiro lento, mas se ele jogar protegido o cara consegue fazer o seu.

Net Esportes disse...

Que isso ??? A torcida do São Paulo confia e acredita sempre..... vamô tricolor !!!!!!