terça-feira, novembro 02, 2010

O asa-esquerdo dos Spurs voa

Quando digo asa do meio-campo me refiro ao 'winger', nome dado na Inglaterra ao cara da beirada da linha de quatro da meia-cancha.

Nesta terça-feira, na Terra da Rainha, onde o 4-4-2 em linha é bastante utilizado, um dos representantes deste modelo se destacou ao bater a Inter por 3 a 1, com direito a baile de Bale.



Sua técnica e habilidade são evidentes, é claro, mas o que mais chama a atenção são a velocidade e o pulmão, aliadas à condução de bola. Quando coloca na frente, é inalcançável - raramente na diagonal, quase sempre pelo corredor, em regra para efetuar o cruzamento.

O galês de 21 anos, canhoto, pode até render como ponta num 4-3-3 (ou 4-2-3-1), ou na lateral mesmo, como fez na temporada passada. Contudo parece que o camisa 3 dos Spurs nasceu para atuar nesta posição deste esquema tático. Na asa esquerda, ele está voando.

5 comentários:

Nelsinho disse...

Acho o Bale, hoje, o melhor ala/ponta do futebol mundial. Ele marca bem e apoia melhor ainda. Tem que melhorar a técnica e a habilidade. Se conseguir virar um goleador, como fez no primeiro confronto contra a Inter, pode virar jogador de nível mundial.

Soham disse...

Não é de hoje que gosto desse jogador, mas nessa partida com a Internazionale fiquei impressionado com as suas qualidades. Também me rendi ao Bale comentando esse jogo: www.jogadadefeito.blogspot.com

Roberticus disse...

Carlao,

Discordo enquanto a ideia do Bale poder jogar como ponta num 4-3-3 (coisa que ele nunca fez até hoje), pois ele é um jogador que precisa de espaços em frente dele para correr; seria um desgaste vê-lo colado no lateral adversário em três-quartos do campo.

Luís Felipe Barreiros disse...

Winger seria o velho ponta, não?

Mas, essa tática que você descreveu é boa e, ao contrário do amigo de cima, concordo com o Bale.

Abração,

Luís
porforadogramado.blogspot.com

Luís Felipe Barreiros disse...

Com a ideia do Bale jogar por lá*.

Abração,

Luís
porforadogramado.blogspot.com