quinta-feira, novembro 04, 2010

Lucas é homem de centro

Carpegiani deve ter seus motivos para escalar o São Paulo da maneira que está escalando, e eu tenho os meus para contestar.

Na vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, nesta quarta-feira, o treinador tricolor repetiu o mesmo 4-4-2 em linha adotado na partida diante do Santos, só que com Fernandão no lugar de Fernandinho.



Para mim, apesar do triunfo em Minas, há um forte equívoco nesta formação: Fernandão e Lucas não são jogadores de beirada de campo. Um por falta de velocidade e pulmão, o outro pela qualidade no passe e na finalização.

A meu ver é um desperdício ter um atleta como Lucas escalado aberto numa linha de quatro porque ele tem visão de jogo e passe vertical. No lance do gol, por exemplo, ele arranca, tabela com Dagoberto, sai na cara do gol e balança a rede, tudo pela faixa central do gramado. Não tenho dúvida de que o camisa 37 rende mais por dentro do que pelo flanco.

Qual a melhor alternativa, então? Na minha modesta opinião, o 4-2-3-1 seria o esquema ideal, com Dagoberto e Marlos (ou Fernandinho) pelos cantos, Ricardo Oliveira na referência do ataque e Lucas centralizado como um 10, que não apenas arma o jogo, mas também entra na área para concluir. Aliás, não são poucas as boas jogadas que ele efetuou neste campeonato atuando nesta zona.

4 comentários:

Rafael Andrade disse...

Carlão, a variação tática no time do Carpegiani foi interessante. Por vezes, se via como vc citou, um 4-4-2 com duas linhas de quatro, outrora, se via (pelo menos pra mim) um 4-2-3-1 com Ricardo Oliveira na referência, e o tridente de meias composto por Dagoberto e Lucas pelos flancos (esquerdo e direito, respectivamente) e Fernandão centralizado. Mas independente da postura da equipe, concordo com o fato do Lucas, ele tem que ser o armador central do time, pela qualidade no passe e visão de jogo do jovem. Abs!

Pedrinho Barboza disse...

Grande Carlão, cara ontem assisti a outro jogo, e não tive a oportunidade de ver o de Uberlândia ainda, mas acredito que o Carpegiani utilizando esse 4-4-2(inglês) utilize uma variação de posiçionamento quando seu time esteja com a bola, nesse caso os dois atacantes se movimentariam pros lados do campo e os dois meias aberdos centralizariam em diagonal, era como o Fergunson fazia no Manchester. Ainda nao tive a oportunidade de observar o futebol do Lucas, já vi seus gols, mas ainda nao vi um jogo inteiro seu, mas pelo visto tem um grande potencial. Abs

Pedrinho Barboza disse...

Grande Carlão, cara ontem assisti a outro jogo, e não tive a oportunidade de ver o de Uberlândia ainda, mas acredito que o Carpegiani utilizando esse 4-4-2(inglês) utilize uma variação de posiçionamento quando seu time esteja com a bola, nesse caso os dois atacantes se movimentariam pros lados do campo e os dois meias aberdos centralizariam em diagonal, era como o Fergunson fazia no Manchester. Ainda nao tive a oportunidade de observar o futebol do Lucas, já vi seus gols, mas ainda nao vi um jogo inteiro seu, mas pelo visto tem um grande potencial. Abs

Fut Do Dih disse...

Lucas é uma grande jogador, tem habilidade, objetividade e humildade isso essencia lpra o sucesso de um jogador