quinta-feira, julho 03, 2008

Cevallos, o carrasco tricolor

"O goleiro é experiente, sabe mexer com o jogador", resmungou Thiago Neves após a partida, ainda no campo, sobre o arqueiro adversário.

Dentro de seus estilos, de suas peculiaridades, de suas características, a final da Libertadores entre Flu e LDU foi equilibrada. Em Quito, a Liga foi melhor. No Rio, o Fluminense foi superior. O equilíbrio foi tamanho que a Taça foi decidida nos pênaltis.


O treinador do Tricolor não quis apostar em Dodô desde o início. Já o técnico da equipe equatoriana apostou no goleiro Cevallos, nitidamente debilitado para a partida. Debilitado, mas experiente. E foi aí que a LDU venceu o Fluminense: na experiência de seu goleiro, e no nervosismo dos batedores de pênalti do time carioca.

6 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Virou herói, depois de tanto falhar. E o Flu perdeu o importante título. Agora, Renato não vai poder "brincar" no Brasileirão, pelo contrário. Terá muito (e duro) trabalho pela frente.

Net Esportes disse...

Valeu Cevallos !!!!!!!!!!!!!!!!

Adriano Assis disse...

valeu cevallos

mas cade el dios guerron ai??

GUERRONN ^^

Filipe Araújo disse...

Os 3 de Cevallos valrem muito mais do que os 3 de Thiago Neves.

Abrazo!

http://gambetas.blogspot.com

Marcelo Bloc disse...

Quem fala demais, dá bom dia a Cevallos.

gerson disse...

O cara é ruim de gol mas esperto, aquela que ele saiu do gol na hora do pênalti...