quarta-feira, julho 16, 2008

O retorno de Ronaldinho

Brasileiro tem memória curta.

Não se esqueça do que Ronaldinho fez no Barcelona.

Atuações épicas, que davam margem a comparações entre ele e jogadores como Zico e Maradona.

Não vi Zico, nem Maradona. Fernando Calazans que me perdoe, mas Ronaldinho, no seu auge, não devia nada a estes dois gênios.

E seu auge, seu ápice, pode voltar à tona. Basta Ronaldinho querer. Ele tem 28 anos, e muita bola pra queimar. No Milan, ao lado de Kaká, rapaz de cabeça boa, o gaúcho pode sim dar a volta por cima, calar os críticos, e oferecer muita alegria aos amantes do futebol-arte.

10 comentários:

Felipe Moraes disse...

Assino embaixo o que você disse.
Não vi em lugar nenhum um comentário positivo a respeito do que Ronaldinho fez pelo Barça.
Memória curta e imbecil essa do Barça.
Bom para o Milan.

Abraço,
Felipe Leonardo

Marcelo Bloc disse...

Resta saber se Ronaldinho estará focado para voltar a brilhar, voltar a ser o cara que Maradona apontou como seu sucessor. Que ele quer brilhar nas Olimpíadas, parece claro. Porém, o medo maior é que ele pegue abuso do futebol, como fez seu xará Nazário e como ele mesmo pegou, só que "apenas" do Barcelona. Ronaldinho e futebol combinam, mas só enquanto o craque quiser.

Zaca disse...

Também acho, mas espero que afunde...

jrcairo disse...

Vou lhe responder da mesma forma em que meu Tio me respondia, quando lhe dizia que nao tinha visto Garrincha, Nilton Santos, Gerson, Tele e outros;
"Que pena...!!!!" e um longo suspiro
Zico e Maradona, jogavam demais amigo, R Gaucho nao e' mediocre nao, mas tenha a mais absoluta certeza, na minha e'poca, ele seria jogador para compor elenco, muuuuuita propaganda amigo.....
Mesmo assim, parabens, sou fa do seu blog e sempre passo aqui para ler o que voce escreve, ta melhor que muita gente da televisao....

André Augusto disse...

Discordo da comparação. Acho que lhe falta poder na "hora da decisão", o grande jogo, ao contrário de Zico e Maradona, que além de jogar bem toda a temporada, cresciam demais nas decisões.

No quesito técnica, acho que ele é inegualável. Mas ainda ele precisa ser regular, para que possa ser um dos melhores do seu tempo, como acho que Kaká, Zidane e Fenômeno são.

Mais é uma bela aquisição e ele ainda pode crescer muito.!

carlos pizzatto disse...

JrCairo, respeito a opinião do seu Tio, mas discordo dela.

E olha que não conheço pessoa mais saudosista que eu.

carlos pizzatto disse...

"além de jogar bem toda a temporada, cresciam demais nas decisões"

Concordo com a segunda parte, André. A primeira, já não sei.

Adriano Assis disse...

Põe memória curta nisso.

Ronaldinho fez atuações que só vi parecida em VTs da época de ouro do nosso futebol, sou fã do Cristiano Ronaldo, mas se o Gaúcho quiser pode voltar a ser o melhor do mundo. Basta ele querer.

Foi curta, mas teve uma fase dele, que até o meu pai, santista fanático e saudosista, que sairia no soco com quem negasse que Pelé é o maior de todos os tempos, ficou arrepiado em ver o Ronaldinho jogando.

gerson disse...

Tb acho que ele tem bala pra ser genial de novo, ao contrário do Ronaldo, cuja pança já adiantou a aposentadoria.

Bruno Pinto disse...

Depois do trio holandês Van Basten-Gullit-Rijkaard, o Milan conta agora com o trio brasileiro Kaká-Ronaldinho-Pato.

Estou com muita expectativa mesmo para a liga italiana deste ano. O duelo Milan 'versus' Inter, de José Mourinho, promete ser intenso e apaixonante.

De resto, gostaria de comentar algo que foi dito pelo jrcairo sobre os futebolistas de agora e do passado. Discordo em absoluto e, na minha opinião, passa-se exactamente o contrário: os jogadores de antigamente no futebol difícil de hoje seriam muito inferiores ao que foram, no tempo em que se jogava com 2 defesas. Isso parece-me lógico.

PS: grande time tem o Brasil nas Olimpíadas!