sexta-feira, julho 04, 2008

Quem tem bola na agulha?

Fala-se muito da janela européia.

Cléber Machado levantou uma questão interessante no Arena Sportv: quais jogadores que atuam no Brasil realmente tem bola para jogar nos gigantes da Europa?

Tirando o zagueiro Henrique, do Palmeiras, que já fechou com o Barcelona, de bate-pronto penso em poucos jogadores: Bruno (FLA), Diego Cavalieri (PAL), Thiago Silva (FLU), Léo (GRÊ) Hernanes (SPO), Miranda (SPO), Nilmar (INT), Valdívia (PAL)...

Será que esses caras têm bola para jogar num Manchester United, num Real Madrid, num Inter de Milão da vida?

E será que há outros atletas daqui do Brasil, na sua opinião, que possam interessar aos grandes europeus?

9 comentários:

Zaca disse...

Valdívia e Nilmar não têm.
Eu colocaria o Rafael Carioca nessa lista.

Marcos André Lessa disse...

A verdade é q a safra atual é de cada vez menos craques fora-de-série...

otávio disse...

Juan do Flamengo.

gerson disse...

Talvez o Hernanes tenha bola pra ir pra um time de ponta.

Daniel Reiner disse...

Desde 1500 a Europa explora nossa matéria-prima. Alguns desses recursos já se esgotaram...e o bom jogador de futebol é cada dia mais escasso. Mas ainda há muito, sim, o que ser explorado e eu acredito que além dos já citados vários outros jogadores devem interessar os grandes clubes europeus.

Basta lembrar que o possante Taddei joga na Roma e o Felipe Melo acabou de ser comprado pela Fiorentina pela bagatela de 13 milhões de euros.

Fábio, Ramires e Charles do Cruzeiro, por exemplo, jogariam em qualquer time do mndo.

Forte abraço!

André Augusto disse...

O problema não são apenas os grandes. São os médios e mecenas do Oriente Médio e Leste Europeu. Levam grandes e medianos...

Vinicius Grissi disse...

Realmente nos grandes clubes são poucos. Porém, o Brasil perde jogadores para mercados muito menores do que estes. Clubes pequenos dos principais centros e grandes clubes de centros menores, como o Leste Europeu, Ásia e Oriente Médio levam nossos principais jogadores.

Vinicius Duarte disse...

ô, Carlão...

Olha só quem já jogou (ou joga) na Europa:
- Mirandinha "se corro não penso";
- Fábio Júnior;
- Caio "SPORTV";
- Paulo Almeida;
- Doni;
- Zé Elias;
- Jardel;
- Robert "Sanatório";


Na Itália, o Amauri (versão brazuca do Luca Toni) é ídolo e cotado pra seleção.

O que manda nesse mercado não é, de muito tempo, a bola do jogador, e sim a "bola" do empresário.

Se o Lulinha vale 50 milhões, o mundo está de cabeça pra baixo. Quem joga MUITO é o Wagner Ribeiro.

Breiller disse...

Concordo com sua lista, Carlão.

Acrescentaria o Fabrício, volante do Cruzeiro. Tem o estilão que o futebol europeu gosta (forte fisicamente, mas que sai bem pro jogo) e está em boa fase).