terça-feira, outubro 07, 2008

Sistema tático: qual a melhor opção?

Contra Chile e Bolívia a Seleção jogou no 4-5-1 (4-2-3-1).

Se Dunga insistir neste sistema, a provável escalação de domingo alinhará Júlio César; Maicon, Lúcio, Juan e Kleber; Gilberto Silva, Josué, Mancini, Kaká e Robinho; e Pato (Adriano).

Se for para manter o sistema, eu trocaria o lateral-esquerdo e a dupla de volantes.

Se for para mudar o sistema, em função da convocação de Alex, eu optaria pelo 4-4-2 (4-2-2-2).


Independente da escolha de Dunga, uma coisa é certa: o técnico da Seleção deve ter, obrigatoriamente, algumas cartas na manga. E na minha opinião, este 4-4-2 é um ás de ouro.

2 comentários:

Maurício Vargas disse...

Difícil dizer....eu particularmente gosto do 4231, mas ele é um esquema que abdica um pouco da posse de bola, e a seleção normalmente não sabe jogar assim - o Brasil está acostumado a atacar, não a marcar, e aí seria preciso uma mudança de atitude.

Acho que o Dunga peca muito na parte tática, e sinceramente não concordei com a convocação do Alex. Até comentei tempos atrás no meu blog que ele só convocava gente do Inter, ou ainda do Sul.

Convido o amigo a acompanhar mais uma análise do Brasileirão no Jornalismo Esporte Clube. Já estamos com 70% do campeonato transcorrido e a disputa aumenta! Quem será o campeão? E os rebaixados?

Ainda, estou montando um bolão das Eliminatórias da Copa no site da Fifa, com um prêmio surpresa ao vencedor no final da competição! Para saber como participar, é só acessar o blog Febre Mundialista: http://febremundialista.blogspot.com

Abraços!

André Augusto disse...

Prefiro o 4-2-2-2, com Mancini na esquerda, no lugar de Alex e Kaká na Meia direita e Robinho encostando na frente. E acho que o Dunga escolherá o Adriano no comando, pra prender mais os zagueiros.