sábado, agosto 25, 2007

O destino de Cadu

A partida, logo mais, no Maracanã, entre Fluminense e Grêmio, pode ser a última de Carlos Eduardo pelo tricolor gaúcho.

Hoffenheim (Hoffenheim!), da segunda (segunda!) divisão da Alemanha ou Benfica, de Portugal, é o provável destino de Cadu.

O clube alemão ofereceu 9 milhões de euros, com a condição de uma parcela nos lucros em uma, quem sabe, futura negociação do jogador.

O clube português põe a mão num bolso mais curto: 5 milhões de euros. A grande vantagem nesta transação é o troca-troca. Diego Souza e Marcel são atletas do Benfica emprestados ao Grêmio. Os dois entrariam na negociação por Carlos Eduardo. Entretanto, os portugueses acham muito dar os dois mais 5 milhões de euros.

Caso isto venha a acontecer, o provável destino seja a cidade de Lisboa.

Para mim, no caso de Cadu, é muito mais oportuno jogar Portugal do que na Série B alemã. E no caso do Grêmio, mais vale menos dinheiro, Diego Souza e Marcel em definitivo, do que mais euros, e dois eternos empréstimos.

3 comentários:

carlão disse...

Falha nossa (induzida pelo Lancenet!).

O que não ameniza meu erro, claro.

Cadu está suspenso. Não joga contra o Flu.

Mas de resto, sustento minha opinião.

Guillermo disse...

Caro Carlão Colorado,

Com a regra da FIFA de percentagens em futuras negociações ao clube formador e acreditando no potencial dele não dá como não ver como um bom negócio. Ótimo seria se só fosse entregue no final do ano.

Sendo um clube de segunda divisão e mesmo assim pagando uma boa quantia não invalida o negócio. Apenas torna mais clara a probabilidade de ele ser revendido a um clube maior na Europa (= mais dinheiro para os cofres gremistas).

Desculpe por apontar o óbvio, mas alguém tinha que fazer isso.

Abraços e DÁ-LHE GRÊMIO!!!

Anônimo disse...

Prefiro Diego Souza em definitivo.