quinta-feira, janeiro 28, 2010

Losango amoroso

Sem Maldonado e Williams, Andrade escalou o que o Mengão tem de melhor, no 3 a 1 sobre o Americano. o Rubro-Negro jogo com Toró na cabeça-de-área, Kleberson e Fernando de volantes, Pet na meia, e Love e Adriano no ataque.

De um lado, o 2 e o 15 formam uma bela dupla, a exemplo do 6 e do 17, do outro.



Embora volte para ocupar os espaços, geralmente pela esquerda, Love não chega a ser um ponta como era Zé Roberto. A meu ver é mais pertinente que ele atue como tem atuado, neste 4-4-2, mais próximo de Adriano e da área, pois ele tem faro de gol. O tal Império do Amor começou bem.

Se o esquema não for alterado, o time base que vai atrás do bi da Libertadores deve ser este da prancheta, com Maldonado na posição de Toró e Williams na de Fernando.

4 comentários:

Bernardo Cotrim disse...

Carlão, o time titular deve ser esse que você falou (com o retorno de Maldonado e Willians), mas o Kleberson vai jogar na esquerda, no lugar do Fernando, e o Willians na direita, onde hoje está Kleberson. Esse é o esquema pra Libertadores.

Edgley Lemos disse...

Muito bom o Blog. O uso do Sistema tático é um recurso muito interessante. Está de parabéns.

Sobre o post. O Flamengo está indo bem até agora com os times pequenos, estou curioso para saber como vai ser no domingo contra o Fluminense. O sistema defensivo mostrou não estar muito bem montado ainda, tem sofrido gols bestas e já são 6 gols sofridos na competição.

Carlos Pizzatto disse...

É mesmo, Bernardo.

Caio Magalhães Bechtlufft disse...

Carlão,
Apenas uma retificação: o placar do jogo Flamengo x Americano foi 3 x 2.
Beleza de prancheta.
Abraço.