domingo, janeiro 17, 2010

Teste na estreia corintiana

No 1 a 1 diante do Monte Azul, na estreia do Timão no Paulistão, quem se destacou foi o estreante Iarley. Além dele, Tcheco também debutou neste domingo oficialmente com a camisa alvi-negra.

A equipe mista foi escalada por Mano num misto de 4-4-2 em linha com 4-4-2 em quadrado. Sem a bola, Tcheco e Morais fechavam os lados do campo e compunham a linha do meio com Marcelo Mattos e Jucilei. Com ela, apareciam por dentro para tentar articular as jogadas (apesar de não abdicarem de flutuar pelos flancos).



Contudo, como já citado, a movimentação que chamou a atenção foi a de Iarley. O 7 cumpriu o papel de segundo atacante com eficiência: preencheu os espaços, caiu pelas pontas, voltou para buscar o jogo na faixa central, alimentou o centroavante. O veterano de 35 anos, autor do gol corintiano, mostrou que pulmão, comprometimento e qualidade técnica não lhe faltam.

Na segunda etapa Dentinho e Edno entraram nas vagas de Morais e Tcheco, e exerceram a mesma função de seus substitutos, abertos pelas beiradas (o destro Dentinho na esquerda e o canhoto Edno na direita).

Na busca por alternativas táticas, o saldo que o Corinthians pode tirar do duelo com o Monte Azul, na minha opinião, é positivo.

4 comentários:

Gustavo Dario disse...

Carlão, no segundo tempo, achei que, por vezes, o Corinthians estava postado no mesmo 4-3-3 do primeiro semestre de 2009.

O Mattos fazendo a primeira função, o Jucilei a segunda, e o Tcheco como terceiro homem de meio-campo.

Abraço.

Fala, Dario! - http://faladario.blog.uol.com.br

Rick Porto disse...

Empatar na estréia pode até ser considerado um resultado positivo levando em conta que os times do interior começam a pré-temporada primeiro.

O Iarley apesar da idade joga muito mais que muito menino novo.. esse tem raça, disposição.

Abraços

Mateus D. Isecke disse...

Belo Trbalho. Seja seguidor de http://mateusfutebolbrasil.blogspot.com/

Vinicius Grissi disse...

Com o excesso de peças de qualidade, Mano pode montar vários Corinthians. Será fácil mudar a maneira de jogar do time. Pode dar encaixe no 4-4-2, no 4-2-3-1 ou no 4-3-3.

Resta a Mano decidir se é melhor variar a cada jogo ou se é melhor fazer o time se encaixar de uma maneira.