domingo, março 20, 2011

Camisa 10 cruzmaltino brilha na estreia

Estreia com o pé direito. Escalado no ataque, Diego Souza foi bastante participativo e criou diversas jogadas no 2 a 0 sobre o Botafogo, neste domingo, no Engenhão.

E para coroar sua exibição, abriu o placar após grande lance individual. Ganhou de dois marcadores na dividida, tirou o goleiro Jéfferson com tranquilidade e finalizou de esquerda com categoria.

Eventualmente o camisa 10 buscou o jogo no meio-campo, mas foi no setor ofensivo que ele mais esteve presente. Jogar por ali, aliás, não é novidade para Diego Souza. Sob o comando de Muricy Ramalho, no Palmeiras, ele desempenhou função semelhante em dados momentos da temporada passada.



Já Bernardo circulou por uma extensa faixa do gramado. Apesar de ter executado um ou outro passe vertical com eficiência, o jovem jogador funcionou mais como um meia-atacante do que um meia-armador, longe de estar restrito ao corredor central apenas.

Entre os números 6 e 8, Eduardo Costa foi quem mais se apresentou à frente, pelo menos no primeiro tempo. No entanto foi Felipe quem deu qualidade ao toque de bola vascaíno, em especial na segunda etapa. Noves fora alguns dribles desconcertantes e objetivos.

Em relação ao futuro, tenho algumas dúvidas quanto à estrutura do time com Alecsandro entre os onze. Se mantiver o 4-4-2 em losango, será que Ricardo Gomes vai escalar Diego Souza no ataque e pôr Éder Luís no banco. Ou vai de Alecsandro e Éder Luís na frente, com Diego Souza na ligação e Bernardo (ou Felipe, Eduardo Costa, Rômulo) na reserva?

Não sei o que se passa na cabeça do treinador do Vasco. Porém, em princípio, eu continuaria com a mesma formação tática (mesmo meio-campo), com Diego Souza no ataque, formando dupla com Alecsandro, e Éder Luís fora. Em princípio.

2 comentários:

Cleber Soares disse...

Carlão,
é realmente impressionante essa recuperação do Vasco, desta vez a cartolagem vascaina esta de parabéns, ainda não é o ideal, mas já é bem melhor que o Vasco do primeiro turno.

BLOG DO CLEBER SOARES
www.clebersoares.blogspot.com

Diego Campos disse...

Carlão,

Também concordaria com a saída do Éder, mas o Diego ainda tá meio preso em campo. O Bernardo parece que rende menos nessa posição do que quando ele fica aberto pelo flanco esquerdo, parece que ele tem uma grande facilidade em entrar pela diagonal e conduzir contra-ataques pelos flancos do que ser um meia armador, certo?
Domingo ele entrou por esse lado e rendeu mais que contra Botafogo, Fluminense e ABC.

Abraço.

http://diegollcampos.blogspot.com/