quinta-feira, agosto 08, 2013

Possível Shakhtar com Bernard

Antes de mais nada quero deixar claro que não tenho convicção quanto à prancheta abaixo. Pelo seguinte: o clube ucraniano conta com quinhentos atacantes de lado de campo e nenhum meia central. Ou melhor, o único meia central do elenco, a meu ver, chama-se Fred (se é que podemos classificá-lo assim). Já os pontas atendem por Taison, Douglas Costas, Alex Teixeira, Wellington Nem, Bernard, Ilsinho...

Na verdade não há regra, né. Esses dias, por exemplo, vi um jogo do Shakhtar onde Alex Teixeira foi segundo volante, com Douglas Costa, Fred e Taison na linha de três (veja aqui). Aliás, a única certeza de que tenho é em relação ao esquema tático, o bom e velho 4-2-3-1, adotado por lá desde os tempos de Jadson. Evidente, pode ser que Mircea Lucescu mude de estrutura, nada o impede. Mas acho difícil. Logo, a dúvida, pelo menos a minha, é saber quais peças entram em quais lugares nessa engrenagem. Repito: sem convicção, pensei nisso.



Escalei Fernando sem convicção porque Hübschman é o primeiro volante titular há várias temporadas. Portanto pode ser que o tcheco de 32 anos siga no time - ao contrário da prancheta acima - com Fernando segundo volante, ou com Fernando no banco. Mas caso Fernando ganhe a titularidade na bola e Hübschman vá para a reserva, abre-se uma vaga ao lado de ex-gremista. Que pode ser preenchida por um ex-colorado. Nas partidas que vi de Fred pelo Shakhtar, ele foi o meia-central. Porém, para encaixar a linha de três, pode ser que ele jogue como segundo volante, mais recuado, vindo mais de trás. Fernandão, inclusive, nos tempos de treinador do Inter, costumava dizer que Fred rende dessa maneira.

Sem convicção, na linha de três escalei o canhoto Wellington Nem na ponta direita, o destro Bernard na ponta esquerda e Taison pela faixa central. Já vi Taison jogando assim no Metalist, aliás (aqui). No Metalist, pelo menos nesse jogo do link, a criação ficava a cargo do segundo volante Cleiton Xavier, algo que pode ocorrer no Shakhtar com Fred. Por mais que para mim Taison seja ponteiro de nascença, pode ser que ele dê certo por dentro. Mas para isso, penso eu, alguém (Fred?) terá de assumir a responsabilidade pela armação.

E Alex Teixeira? E Douglas Costa? Pois é. Também não sei. Alguém ficará de fora. São muitas opções para as mesmas posições. Ou seja, o elenco não é equilibrado. É ótimo, recheado de talentos brasileiros, contudo não é bem distribuído - o que não significa que não irá funcionar. Nos resta aguardar para ver quem serão os escolhidos e qual o posicionamento no gramado desses escolhidos.

2 comentários:

Jhons Eloi disse...

Acho que a dupla titular no meio vai Hübschman e Fernando. Na linha três, aposto em Alex Teixeira, Fred e Bernard.

Carlos Pizzatto disse...

Tem outra coisa. Até em respeito aos jogadores que lá já estavam, é difícil o treinador promover QUATRO alterações no time titular numa tacada, como fiz na prancheta desse post (Fernando, Fred, Nem e Bernard).

Em respeito aos jogadores que lá já estavam, e em respeito ao entrosamento do time.