terça-feira, março 25, 2008

O nascimento do Galo

A briga de galo era passatempo popular na Belo Horizonte dos primeiros anos. Uma febre. Em 1932, apareceu na rinha um galo muito eficaz. Era um mestiço - raça índia com raça carijó - de plumagem preta e branca, como a camisa do Atlético. O Índio Carijó não aceitava desaforo de ninguém. O Atlético também não. Os dois eram valentes e vencedores. A comparação foi inevitável. "Esse galo é igual ao time do Atlético", disse alguém. A história se espalhou, e, desde aquela época, o time passou a ser chamado, também, de Índio Carijó. Daí para Galo Carijó foi um passo.

*Trecho do livro "Atlético Mineiro - Raça e Amor", de Ricardo Galuppo, Ediouro.

Um comentário:

gerson sicca disse...

Não conhecia essa origem. Legal a história