domingo, março 30, 2008

Sobre terceiros uniformes

À véspera da estréia da camisa roxa cotintiana, muito se diz e discute sobre os terceiros uniformes. E eu não quero ficar de fora.

Sob o ponto de vista mercadológico, a idéia de terceiro uniforme é sensacional.

Sob o ponto de vista esportivo, também.

Porém, há alguns poréns. Na minha opinião - sem entrar no apescto da estética, já que beleza é um dos conceitos mais relativos da humanidade -, a terceira farda deve existir, e deve ser usada em partidas em que o time tenha sua roupa desfigurada. Ou seja, só quando jogar fora de casa, e tiver de misturar peças do primeiro com as do segundo uniforme. Nesse caso, e, para mim, somente nesse caso, a equipe deve usar o terceiro uniforme. E leia-se terceiro uniforme, camisa, calção e meias, e não apenas a camisa.

3 comentários:

Marcos André Lessa, cristão, flamenguista, jornalista formado pela UFF-RJ disse...

Carlão, nessas buscas pela internet encontrei teu blog e gostei. Parabéns pelos posts sensatos. Vou linkar no meu, ao qual já está está convidado a visitar. Abs!
(futebolracional.blogspot.com)

Filipe Araújo disse...

Não vejo problema na utilização destes uniforme, desde que não sejam para jogos internacionais ou clássicos.

Abrazo!

http://gambetas.blogspot.com

Adriano Assis disse...

Bom cara

É algo muito complicado esse assunto, cada um tem uma opinião diferente.
Para mim terceiro uniforme só deveria ser usado em amistosos e jogos festivos e as cores deles não deviriam fugir muito das cores oficiais do clube.

Tão importante para um clube, quanto títulos, é a sua história, é a tradição.

Se depender de mim o mundo vai acabar e o uniforme oficial do Fla continuará sendo o vermelho e preto em listras horizontais, e o uniforme reserva, o branco com detalhes em vermelho e preto.

Mas como já falei, cada um tem uma opinião.

Valeu cara e parabéns pelo blog.