quarta-feira, abril 09, 2008

Do céu ao inferno em uma semana

Foi na última quarta-feira, 2 de abril, que a invencibilidade na temporada do Grêmio caiu. Foi na Copa do Brasil, por 2 a 1, para o Atlético de Goiás.

Quatro dias depois, no domingo, dia 6, em pleno Estádio Olímpico Monumental, o Tricolor conquista sua segunda derrota, cai diante do Juventude e é eliminado do Gauchão 2008.

Mais três dias e, hoje, daqui a pouco, a equipe treinada por Celso Roth vai entrar no gramado, em casa, para definir seu futuro na Copa do Brasil, contra o mesmo Atlético Goianiense.

Caso o futuro do Tricolor seja a eliminação, o de Roth será, provavelmente, a rua.

Atualização: o Grêmio foi eliminado nos pênaltis pelo Atlético-GO em Porto Alegre. E Celso Roth, xingado em peso pela torcida ao final da partida, está queimando nas chamas da fúria gremista.

Um comentário:

gerson sicca disse...

Sempre achei que o Celso Roth não levaria o Grêmio a um bom lugar. Pra mim ele é muito ruim