quinta-feira, maio 29, 2008

Fluzão, Leão e Coringão

Que foi sensacional o resultado obtido pelo Fluminense ontem à noite, foi. Mas não se pode comemorar. A decisão tem 180 minutos, e o Boca nos mostrou, nessa e em outras Libertadores, que joga como ninguém fora de casa. Por isso, todo cuidado é pouco, e toda atenção deve ser redobrada. Deve-se manter o foco! Fosse eu treinador, iniciaria a concentração do Flu a partir de segunda-feira. Concentração fechada, com muita seriedade e união. Porque, imagino eu, a partida no Rio será mais difícil que a de Buenos Aires.

Sensacional foi também a maneira como foram decididas as semifinais da Copa do Brasil: nos pênaltis. Sport e Corinthians corresponderam às expectativas de muita gente, e vão fazer a final. Qualquer dois dos quatro que chegassem à decisão seriam merecedores. Quiseram os Deuses do Futebol que fossem Sport e Corinthians, uma final digníssima, cheia de emoção, e sem favorito.

5 comentários:

Arthur Virgílio disse...

O Fluminense precisa manter no Maraca a seriedade apresentada no Rio de Janeiro. Acho que o Luís Alberto falou bem no intervalo do jogo, que time que joga com medo do Boca se dá mal. O tricolor apanhou, mas bateu. Mostrou raça e pode sim ser campeão da Libertadores.

Sobre a Copa do Brasil acho que o campeão se encaminha na primeira partida, por isso o sorteio serái importante para decidir o rumo da final.

Zaca disse...

Não consigo pensar qualquer comentário sobre o jogo do Flu porque estou emocionalmente envolvido com essa disputa. Não tenho como não ser parcial vendo um ídolo disputando as semis da Libertadores. Ontem matei aula para ver o jogo e me parecia que o Fluminense vestia azul, preto e branco, porque fiquei nervoso, esbravejei e comemorei os gols como se fossem meus!

Na final da CB acho que o Corinthians é favorito, mas torço contra :D

abs

Sidarta disse...

Acho que por mais que o Boca jogue bem fora, jogar no Marcanã lotado é foda para qualquer um.

André Augusto disse...

Se vacilar, o Flu treme no Maraca. O Boca é calejado.

Corinthians dá um passo importante se não tomar gol em casa

Abs!

gerson sicca disse...

Carlão, acho que o Flu teve mais sorte que juízo. Basta comparar com a final da libertadores do ano passado. O Grêmio jogou muito melhor que o Flu e levou 3. No ano passado o Grêmio atacou, conseguiu adiantar a marcação mas em 3 lances o Boca liquidou. Ontem o Boca esmagou o Fluminense na maior parte do jogo mas a bola só entrou duas vezes. E para o seu azar o goleiro tomou um frangaço.
A sorte está do lado do Flu. Acho que dessa vez o Boca fica. Os torcedores do Boca têm dito que a Bombonera está fazendo falta.