segunda-feira, julho 19, 2010

Velha máxima: quem não faz, leva

Ganso foi preciso no comentário após a derrota para o Fluminense: faltou precisão nas finalizações. De fato o volume criado pelo Peixe foi generoso, no entanto os donos da casa pecaram neste fundamento.

É injusto atribuir apenas a André a falta de frieza e pontaria na partida, pois vários jogadores do Santos tiveram oportunidade para balançar a rede, mas não o fizeram. Sob os olhos atentos de um arrematador nato, Keirrison, presente na Vila neste domingo, os Meninos chegaram à segunda derrota após a Copa.



O Fluminense, em contrapartida, mantém o nível de atuação pré-parada para o Mundial. Segue no mesmo ritmo, somando pontos dentro e fora de casa e pavimentando o caminho para permanecer no topo da tabela por muitas e muitas rodadas.

Falar em justiça no futebol é irrelevante, contudo a bola puniu o time de Dorival Júnior. Justa e merecidamente a equipe treinada por Muricy Ramalho saiu do litoral paulista com a vitória, porque quando a chance pintou, Alan, em seu único chute a gol no duelo, acertou.

2 comentários:

mgfutebolclube disse...

Acho que Fluminense e Cruzeiro será o melhor jogo da 10ª rodada. Os dois vem de duas vitórias seguidas.

Braccini disse...

Grande parte do mérito do Flu é devido ao seu treinador. Muricy Ramalho é um vitorioso, estudioso e árduo tabalhador.
com um elenco sem grandes destaques, faz do Flu uma equipe muito competitiva!
Abraços!
Treinador Braccini