quinta-feira, agosto 12, 2010

Mais um no 4-2-3-1

Não pense você que o 4-2-3-1 está na moda. Não é de hoje que ele vigora. Na Euro 2008, por exemplo, a maioria das seleções jogaram com dois volantes, um meia centralizado, dois caras pelas beiradas e um centroavante.

Na derrota por 2 a 0 para o Goiás, no Olímpico, nesta quinta-feira, pela Sul-Americana, o Grêmio adotou este esquema, com Souza e Maylson eventualmente invertendo de lado.



No segundo tempo Renato fez o que eu imaginava que deveria ter feito desde o início: colocou Hugo aberto na esquerda. Foi atuando por ali, inclusive, sob o comando de Mano Menezes, em 2006, que ele se destacou e despertou o interesse do São Paulo.

A meu ver esta estrutura tática é pertinente e tem tudo para dar certo no decorrer do Brasileiro - mas com Maylson de segundo volante (por sua altura e qualidade para se apresentar à frente), Jonas e Souza nas extremas, Douglas na articulação central e Borges na referência. Já Hugo, para minha infelicidade, ficaria no banco. Seria o chamado 12º jogador.

3 comentários:

Rodrigo Carvalho disse...

DENÚNCIA>
Esquema de fraudes em exame da OAB tem o envolvimento da faculdade de ex presidente do Santos:

http://digaofutebol.blogspot.com/2010/08/denuncia-ex-presidente-do-santos-tenta.html

Marcelo Teixeira após saber da denúncia tentou intimidar o blogueiro PAulinho!


> BLOG Digão Futebol

Pedro disse...

Só não concordo com o Maylson do time titular, ele é simplesmente muito ruim. Adilson e Rochemback são indiscutivelmente os melhores volantes do Grêmio.

Jéssica G3 disse...

Adilson com certeza amigo Como gremista convicta afirmo que ele é a melhor opção de volante.

OLha, to indicando seu blog no meu de futebol, além de lhe seguir. Se puder, visite e indique o meu, uma forcinha para divulgar???

www.blogesportiva.blogspot.com

muito obrigada.