sexta-feira, fevereiro 09, 2007

Fim de semana clássico

Não são só regatas que Flamengo e Botafogo têm em comum. Além da cidade natal e o branco do uniformes, o time da gávea e o Glorioso possuem uma semelhança essencial para o sucesso nos gramados de hoje em dia: continuidade do trabalho. Tanto o rubronegro quanto o alvinegro têm a base do ano passado. E isso é bom. A tendência é a evolução e a evolução é a tendência. Além disso, chegaram (faz tempo, é verdade) alguns reforços - que podem ser ditos reforços, mesmo - como os artilheiros Souza, para o Flamengo, e Dodô, para o Botafogo.

Em São Paulo e Corinthians, só se fala no tabu. São doze jogos sem vitória corintiana. 3 anos e 11 meses de invencibilidade tricolor. Na verdade, são onze jogos mais a partida anulada no Brasileirão de 2005. Naquela deu São Paulo 3 a 2. Ou seja, são doze jogos. Se bem que no último a vitória foi corintiana. Vitória moral. 0 x 0. Corinthians com 9 em campo. Empate heróico com requintes de Corinthians. Mas no clássico de domingo, o corintiano quer vitória vitória. De verdade.

Já em Minas, o campo parece estar minado, para o Atlético. O Cruzeiro vem navegando numa boa campanha e embalado no campeonato, ao contrário do grupo de Levir, que vem desapontando até o mais pessimista dos torcedores, que esperava um time forte e vingador para 2007. Óbvio que é só o começo do ano, mas, de fato, o time azul é favoritíssimo. Porém, como já diria Jardel, clássico é clássico e vice-versa. Vamos ver que vai cantar de galo no Mineirão.

Um comentário:

Renan Turra Silva disse...

Bons jogos. Difíceis de apostar o favorito.