quinta-feira, março 22, 2007

O torcedor é ingrato

O jogo entre Flamengo e Paraná, ontem, foi belíssimo. Jogo aberto, disputado, equilibrado. Bem jogado. Toma lá, dá cá, com uma leve vantagem rubronegra.

Pouco tempo depois, na segunda etapa, de sair uma bola na trave do Flamengo, e uma na trave do Paraná, Souza teve uma chance cara-a-cara, marcou (touca) e não marcou (o gol). (Vale ressaltar a grande noite de Flávio, goleiro do Tricolor). A torcida fez o coro: "Obina! Obina! Obina!".

Dois, três minutos depois, Souza fez o gol da vitória (e da classificação), de cabeça. E a torcida: "Uh, terror, o Souza é matador!".

2 comentários:

Arthur Virgílio disse...

Como destaquei no meu blog,que com centroavante não se brinca. Ele pode perder uma, duas vezes, mas no primeiro vacilo, o matador bota lá dentro

thiago disse...

eh bom atacante... mas o gol que ele perdeu nao pode perder... tudo bem que ele fez depois, mas nao pode perder