quarta-feira, fevereiro 04, 2009

Uma boa opção para o Mengão

Devido à chegada de Zé Roberto os rubronegros estão curiosos para saber como Cuca irá armar o Flamengo, principalmente do meio para frente. Penso que o treinador do clube carioca vai escalá-lo como na época de Botafogo, como um atacante pela direita, quase como um ponta.

Se acontecer o que imagino, o time da Gávea jogará assim:



Nesse 4-4-2, com um losango no meio-campo, Ibson, Juan e o próprio Marcelinho Paraíba tramariam as jogadas pelo flanco canhoto, e Léo Moura, Kléberson e Zé Roberto pelo outro lado. No entanto o camisa 10 também deveria ter liberdade para se infiltrar por dentro.

Lá na frente Josiel seria o homem de área, e lá atrás Jônatas (ou Aírton, ou Toró) seria o cabeça-de-área, fixado logo adiante da zaga.

Podem dizer que este esquema é vulnerável, que ninguém marca. Bobagem. Hoje em dia quem não marca, ou ao menos incomoda o adversário, não tem espaço. Ninguém fica parado.

2 comentários:

Maurício Vargas disse...

é, sinceramente não acredito que o Cuca utilize apenas dois zagueiros. Ele deve moldar o time ao Zé Roberto, introduzindo ele no 3-4-3 que ele gosta tanto. Talvez posicionando-o mais à frente, na meia, junto do Marcelinho Paraíba, com Kleberson e Ibson compondo a linha de quatro do meio.

Abraços

carlos pizzatto disse...

É isso, Cuca está mantendo o esquema do ano passado, com Aírton fazendo o terceiro zagueiro pela direita.

E Marcelinho tem atuado como gosta, como meia-armador, fazendo a articulação entre meio e ataque. Ele fica entre a linha de quatro e os dois atacantes.