terça-feira, novembro 24, 2009

Nivelado por baixo?

Segundo PVC, o Brasileirão só fica atrás da Premier League, da Champions League e dos clássicos europeus.

Creio que nem cabe comparar com a UCL, pois um é nacional de pontos corridos e o outro é um mata-mata continental. Mas de resto, tô de acordo.

Milan 4 x 3 Cagliari foi um jogaço, não foi? Botafogo 3 x 2 São Paulo idem. Atlético-PR 1 x 1 Cruzeiro foi sofrível. Palermo 1 x 1 Catania possivelmente também.

A cada rodada há umas, sei lá, em média, quatro partidas de alto nível, três mais ou menos e três ruins. É assim no mundo todo.

Na vitória do rubro-negro milanês, por exemplo, Pato marcou um golaço lindo de se ver, digno de aplausos de pé. No duelo do Engenhão Jobson marcou dois.

Jobson joga mais que Pato? Claro que não. Apenas entendo que aqui no Brasil temos bons e maus jogos, como no Velho Mundo. Mesmo sem os craques globalizados e os salários astronômicos, o país do futebol oferece grandes espetáculos.

Na minha opinião, só não vê quem não quer. Ou quem sofre de complexo de vira-lata.

15 comentários:

Anônimo disse...

claro que é nivelado por baixo... jóbson faria esse gol jogando na italia? agora o pato faria esse gol jogando no brasil? esse pvc só fla besteira.

Rafael Campos disse...

Concordo com o PVC e tbm com o Calçade que disse sobre a necessidade de não se brecar a emoção vista em nossos campos com aquelas mesmas críticas que ouvimos a cada dia que passa sobre como o futebol era melhor, e era melhor, e era melhor...

Boa Carlão !

Alexandre Massi disse...

Carlão,

Permita-me discordar de você.

Ontem, em discussão pelo Twitter, soube da declaração do PVC e fui em direção contrária.

Jogos bons e jogos ruins teremos sempre. É indiscutível. Prova disso é este Botafogo x SP citado por você, ou o Santos x São Paulo, ou Inter x Cruzeiro, ou Palmeiras x Corinthians.

Todos estes foram jogos com mil alternativas, com chances para os dois lados, com erros, acertos...

A única coisa que questiono é o seguinte:

O fato de termos jogos emocionantes e bons não significa que estamos assistindo a jogos de altíssima qualidade técnica.

O mesmo Santos x SP que citei acima teve 7 gols, porém quase todos de falhas da zaga. Lembra que o SP tomou dois gols idênticos de escanteio, com cabeçadas no primeiro pau? E que o Santos também tomou gol assim?

O mesmo SP estava fazendo uma partida fraquíssima no primeiro tempo contra o Botafogo, até o Júnior César acertar o cruzamento e Washington empatar o jogo. Foi a única jogada do time. E o Botafogo depois tomou gol de lateral. E o SP, de tiro de meta. São falhas grosseiras, de times medianos.

Por mais que seja fã do jogo do Pet, acho inadmissível que um jogador de 37 anos e sem o preparo físico ideal faça o que quiser nos jogos do Brasileirão. Ele é um dos melhores do campeonato (se não for o melhor). O Ronaldo, gordo, decide a hora que quiser também. Outra coisa inadmissível.

Tem alguém bom suficiente para marcá-los? Acho que não. As zagas são fracas. Quase nenhum time passa um jogo inteiro sem tomar gol mais. Pegue a tabela do brasileiro e veja.

Acho que há uma discrepância técnica muito grande e por isso acho complicado dizer que estes jogos emocionantes deixam o campeonato num nível técnico muito alto.

Abraço

Vinicius Grissi disse...

Concordo com você em praticamente tudo. Minha principal ressalva é: valorizamos demais os campeonatos europeus mas não temos consciência de que só vemos os melhores jogos por lá.

Também há jogos sofríveis, como aqui.

Dei minha opinião sobre o assunto lá no blog.

Depois dá uma passada lá.

Ricardo Novais disse...

Muito bem, Carlão, pertinete seu texto. Concordo integralmente!

E mais: Não há campeonato no mundo com a quantidade de clubes grandes competindo juntos como no Brasileirão. Nem mesmo na Argentina, onde a paixão pelo esporte também é grande e há vários times com grandes torcidas.

Viva o Campeonato Brasileiro! Para os que preferem os campeonatos europeus em detrimento a nossa tradicionalíssima competição 'brazuca', tudo bem; mas não esquecam de apertar o quadrado!

Ah, parabéns pelo blog, muito bom mesmo! Aliás, Carlão, colocarei o link do seu blog lá na miha página; tudo bem?

Depois dá uma olhada lá, e, se desaprovar a inclusão do seu blog lá, avise-me, ok? Daí eu retiro.

Abração, rapaz!

Ricardo Novais disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Douglas Nacif disse...

Obrigado pelo Link Carlão...

Já estou retribuindo!

Um forte abraço,

Douglas Nacif.

Douglas Nacif disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vinícius Franco disse...

Eu concordo. O Campeonato Brasileiro é bom, e está melhor ainda nesse ano.
Competitivo, nivelado e muito disputado, com jogos emocionantes e muito atrativos.
Também não concordo com essa de 'campeonato nivelado por baixo'.
Concordo também com o PVC quando ele diz que temos que ver que a história passa bem na frente dos nossos olhos, que devemos perceber que o campeonato é muito bom (na opinião dele e na minha também) e perde pra poucos no mundo.

Claudio disse...

Concordo totalmente com o Alexandre Massi: "O fato de termos jogos emocionantes e bons não significa que estamos assistindo a jogos de altíssima qualidade técnica. "

Dizer que o Brasileirão só fica atrás da EPL é um absurdo. Nossa liga está longe de chegar ao nível técnico de algumas outras ligas da Europa.

Felipe - nossofutebolfc@gmail.com disse...

O Campeonato Brasileiro é disputadíssimo, quatro na luta pelo titulo faltando duas rodadas. Isso é a prova. No Brasil existem mtos clubes grandes:
São Paulo, Palmeiras, Corinthians, Flamengo, Internacional, Cruzeiro, Grêmio e por aí vai!

André Augusto disse...

Vou reproduzir aqui o que falei no Marcação Cerrada, que fala sobre o msm assunto:
O fato é que eu acho que muitas vezes, as pessoas confundem competitividade com nível técnico. E as duas coisas não caminham necessariamente juntas. A final do Campeonato Argentino, ano passado, foi disputada entre três equipes, que terminaram rigorosamente empatadas ao fim do certame. Um tringular extra deu o título ao Boca, ainda com as equipes muito parelhas. Foi melhor que o campeonato Brasileiro do emsmo ano? creio que não, pois não eram times tecnicamente melhores que os daqui ano passado.

Acho que é como o Massi expôs: não dá pra comparar o interesse dos jogos, porque os daqui acabam mexendo com os interesses nossos como torcedores, os de lá não. Botafogo e SP foi espetacular, ao passo que Grêmio e Palmeiras - tirando o episódio da briga - foi um jogo chato.

Nessa tempoorada, aconteceu algo atípico, que foi o volta de atacantes consagrados e de qualidade (Ronaldo, Adriano e Fred) sem estarem muito velhos. Ao passo que as zagas continuam ruins (os melhores zagueiros estão fora). Só pegar a média desse campeonato, que caminha para ser uma das mais altas desde que 20 times disputam pontos corridos.

Atualmente, colocaria a Premier League e a Bundesliga a frente do Brasileirão, com respeito a parte técnica e competitiva. Calcio e La Liga, apesar dos times estelares, tem um abismo muito grande em relação aos outros concorrentes.

Levy Mendes disse...

Concordo 100%
Tento defender isso há tempos no meu blog.
A Europa está cheia de jogos fracos!
Aqui o que falha é a organização, disso eu tenho inveja da europa...
no mais, a emoção por aquié bem maior, e é isso que é bom no futebol.
Ou vocês preferem assistir 38 rodadas do Espanhol vendo Real e Barça disputando a liderança atééé o final?
Muito mais sem graça...

Rafael Andrade disse...

De fato temos grandes jogos, mas o nível é baixo sim. E nos europeus também há muitos jogos sofriveis, inclusive dos grandes, por exemplo: Jogos do Manchester United estão um saco de ver, um time truculento, sem criação, sem toque de bola, monte de chuveirinho...Juventus e Roma também não apresentam futebol muito vistoso. O nível técnico aqui é baixo sim, no entanto, o campeonato é fantástico pelo equilibrio, sem disparidades como no espanhol por exemplo, onde é o "melhor gaúchão" do mundo como diz tbm o PVC.

Chris Paes disse...

nem acho que comparar o Futebol Brasileiro com o Italiano ou o Alemão seja valido, mas coloco o Futebol Brasileiro como o quinto mais forte tecnicamente
a Liga francesa tem 3 otimos times, mas o resto dos times são ruins, idem para o Russo e Portugues