quarta-feira, outubro 20, 2010

Possibilidade de losango no Timão

O treinador não pode chegar a um clube premeditado a impor seu esquema tático predileto. A não ser que haja no elenco peças para isso. Caso contrário, não deve.

Não sei se Tite tem uma estrutura tática preferida, se na época ele julgou que aquela era a melhor opção pelos jogadores que tinha em mãos, ou se apenas deu sequência ao trabalho, mas no Inter campeão da Sul-Americana em 2008 e vice-campeão da Copa do Brasil em 2009, ele adotou o 4-4-2 em losango.

O que absolutamente não quer dizer que, no Timão, ele fará a mesma coisa. Contudo, se fizer, me parece que esta é a alternativa mais plausível:



Nesta formação os laterais alternam no avanço. Quando um vai, o outro fica. Desta maneia o time tem, em tese, sempre quatro homens para se defender (dois zagueiros, um lateral e o cabeça-de-área) e raramente sofre contra-golpes escancarados.

No ataque, Ronaldo é o atacante de referência e Dentinho (Jorge Henrique, De Federico) o de movimentação, caindo pelos dois lados e buscando o jogo atrás.

Já no setor do meio-campo, Bruno César é o articulador principal, auxiliado pelos apoiadores Jucilei e Elias. Há também a possibilidade do camisa 8 atuar como primeiro volante, com Paulinho na linha do 7 e Ralf no banco.

Porém, insisto: não é porque implantou o 4-4-2 em losango em sua passagem mais recente pelo Brasil, que agora, no Parque São Jorge, Tite vai repetir a dose.

6 comentários:

IBM disse...

Ola tudo bem,eu sou adm de um novo blog http://brasileiro2010oficial.blogspot.com/ entra e deixe seu comentário
Obrigado

Rafael Andrade disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rafael Andrade disse...

Fala Carlão,
Concordo plenamente com você em dizer que este sistema de jogo é o mais adequado ao Corinthians de Tite, tendo em vista as peças que terá o treinador. Ótima analise, como sempre, parabéns. Abs!

Analises Táticas disse...

Oi Carlão,
Posso mostar o link do meu novo blog?

http://formacoestaticas.blogspot.com/

Dá uma passada lá ;)

Bruno Brandespim disse...

Você tem razão na sua análise, mas é pouco provável, para não falar impossível que ele deixe o Ralf no banco para a entrada do Paulinho.
O Ralf não aparece tanto, mas sem ele o time fica com um buraco entre a defesa e o meio.
Abs

Rodrigo Carvalho disse...

PESQUISA>
As maiores torcidas de clubes de futebol do mundo:


http://digaofutebol.blogspot.com/2010/10/as-maiores-torcidas-de-clubes-de.html

Abraço
Digão Futebol