segunda-feira, outubro 15, 2007

Brasil x Equador

A maior goleada: Brasil 9 a 1.

03 de abril de 1949.

Rio de Janeiro.

Estádio de São Januário.

Campeonato Sul-Americano.

Brasil: Barbosa; Augusto e Wilson; Ely (Bauer), Danilo Alvim (Rui) e Noronha; Tesourinha, Zizinho (Ademir Menezes), Octávio, Jair da Rosa Pinto e Simão.

Equador: Carrillo; Lovato (Sánchez) e Bermeo; L.Torres, Vásquez e Marín (J.Cantos); Arteaga, E.Cantos, Chuchuca (!), Vargas, G.Andrade.

Gols: Chuchuca (Equador), Simão (2), Jair da Rosa Pinto (2), Tesourinha (2), Ademir Menezes, Octávio, Zizinho.

A linha de frente: Tesourinha, Zizinho, Octávio, Jair da Rosa Pinto e Simão.

Quarta-feira, no mesmo Rio de Janeiro, no Maracanã, não precisa de tanto.

Nove é demais.

Só queremos que o nosso nove marque pelo menos um.

5 comentários:

Danilo Damasceno disse...

Em casa o Brasil tem mais que a obrigação de vencer, isso se a besta do Dunga deixar!Abração
Vem ai a primeira Liga Pitacos, depois de uma olhadinha!

Anônimo disse...

Bah, o Brasil tomou um gol de Chuchuca!
gerson sicca

Anônimo disse...

Bah, o Brasil tomou um gol de Chuchuca!
gerson sicca

carlão disse...

No Rio, ainda por cima.

Arthur Virgílio disse...

Um a zero já está de bom tamanho, desde que a atuação seja importante. Nesse esquema de Dunga é díficil um camisa 9 marcar um gol.