quinta-feira, outubro 11, 2007

"Os sete gols que o Afonso fez não são suficientes para transformá-lo em um novo Ronaldo. O Ronaldo é uma referência e o Afonso apenas uma esperança.", disse Parreira, técnico do Brasil na Copa de 2006.

Talvez sete quilos a mais serão suficientes para transformar Afonso em um homem-gol.

6 comentários:

Anônimo disse...

não concordo e nem discordo com Parreira. Em condições física ideias, Ronaldo é fora de série. Já Affonso ninguém sabe muito sobre. Apesr de marcar 23485 gols na Holanda,não tem como saber se ele pode se tornar um jogador de seleção.
Gostei do teu blog. Passa la no meu e da uma olhada

http://visaodeumcego.blogspot.com

Lucas Rizzi disse...

Carlos, coloquei um link seu no nosso blog também, e entrarei de novo para ver o texto sobre o título de 77.

Abs.

Ricky_cord disse...

Conhecem o Liedson que joga no Sporting de Portugal? Acho que merecia uma oportunidade na vossa selecção para mostrar o seu valor.

Vinicius Grissi disse...

Concordo com o Parreira e discordo de ti. Ronaldo é rei! Afonso é apenas um batedor de cabeça que fez 7 gols contra ninguém.

carlão disse...

Vinicius, este post é uma crítica à atitude do Parreira de 2006, que não teve peito para barrar o Ronaldo e seus 100kg.

Bruno Pinto disse...

Digam-me quem é o melhor jogador do mundo em
paixaodofutebol.blogspot.com

Cumprimentos.