quarta-feira, junho 04, 2008

Regulamento na mão e bola no pé

Algumas declarações como a de Luiz Alberto me preocupam. Diz ele que o Fluminense deve entrar em campo "como se estivéssemos perdendo".

Se tem uma coisa que o Tricolor não deve fazer é ir pra cima do Boca com tudo. O 2 a 2 na Argentina deu ao time brasileiro uma boa vantagem, e essa vantagem tem de ser lembrada. O Flu tem que jogar com o regulamento embaixo do braço, para não fazer como o Flamengo na partida contra o América. Se for pra cima com tudo, o Boca mata no contra-ataque.

Outra declaração me soa ilusória:

O Flu é forte no Maraca, não resta dúvida. Mas uma das grandes virtudes desse Boca Juniors é jogar fora de casa com naturalidade, frieza e racionalidade.

O jogo será duríssimo, por isso o Fluminense precisa é de muita calma. E seriedade. Porque bola para eliminar o Boca, o Flu tem.

4 comentários:

Filipe Araújo disse...

tem bola para elmininar o boca e vai conseguir! vamos fluzão!!! jaja

abrazo!

http://gambetas.blogspot.com

otávio disse...

o flu passa!

Breiller disse...

A declaração do TN também me soa muito ilusória. Acho que o Maraca não assusta em nada o Boca. Como o Mineirão não assustou, muito menos o Jalisco.

O negócio é ganhar na bola, como você bem diz aí. É torcer pela inspiração do TN e do sempre iluminado, Washington.

Arthur Virgílio disse...

Acabou. Flu classificado. E o Luís Alberto dando entrevista está fenomenal. Ele pensa que é comentarista hahaha Várias análises táticas e frases de efeito. Ou ele já está querendo cavar uma vaguinha na tv depois de aposentado ou quer ser professor, estilo Luxemburgo.