terça-feira, agosto 19, 2008

A máscara está caindo

Além das Eliminatórias, Dunga disputou duas competições pra valer como técnico da Seleção: Copa América e Olimpíadas.


Ano passado, na Venezuela, o Brasil de Dunga fez apenas um único jogo que convenceu: a final, 3 a 0 na Argentina. Jogou bem também nas quartas, 6 a 1 contra o Chile, é verdade. Mas em todas as outras partidas, não jogou rigorosamente nada. Contra Chile e Equador, na primeira fase, e Uruguai, na semifinal, foram vitórias sofridas, a duras penas. Sem falar na derrota para o México.

Dessa vez a Seleção de Dunga fez novamente uma só grande partida, contra a grande Nova Zelândia. O 3 a 0 para a Argentina à parte, contra Bélgica e Camarões o Brasil suou mais que o normal para vencer. Só foi bem mesmo contra as potências Nova Zelândia e China.

E nas Eliminatórias, a outra competição de verdade que Dunga participa, o Brasil vai mal no campo e na tabela. Quando não perde ou empata, ganha aos trancos e barrancos. Tanto é que o time de Dunga está em 5º lugar. Se a Copa fosse amanhã, a seleção brasileira orgulhosamente disputaria a repescagem contra o melhor da Concacaf.

De fato, o saldo de Dunga futebolisticamente falando é péssimo. Ele só não foi demitido ainda por causa do troféu da Copa América, que mascarou a realidade. Ainda. Porque a maquiagem que cobre sua competência está indo por água abaixo.

5 comentários:

Flávio Meireles disse...

Não vou negar... Estava torcendo contra a Seleção Brasileira no jogo de hoje. Em parte porque é lindo ver Messi e Aguero... Mas, principalmente, porque quero ver Dunga fora da Seleção Brasileira...

Quem sabe a CBF faça o que sempre esperou dela desde quando contratou Dunga para ser o treinador - ou seria o fantoche? - da Seleção: demiti-lo!

André Augusto disse...

É o ônus daquela final anormal. Estamos pagando com juros até hoje. Infelizmente, ele só ai cair depois da próxima rodada das Eliminatórias...

Abs!

Vinicius Grissi disse...

Dizem que Luxemburgo já foi procurado. Mas Dunga terá os dois próximos jogos das Eliminatórias, até pela proximidade dos mesmos, para provar alguma coisa, o que é pouco provável. Duas vitórias convincentes, podem mantê-lo no comando. Qualquer outro resultado decreta seu fim.

otávio disse...

Luxemburgo ia cair como uma luva

Morbeck disse...

Mas que máscara? Ele nunca enganou ninguém. Dunga como técnico é patético.

Warley Morbeck
http://flamengoeternamente.blogspot.com/