sábado, agosto 02, 2008

A Seleção Olímpica no campo

Quem acompanha o Blog do Carlão lembra que, à época do anúncio da convocação dos jogadores, coloquei no Futebol de Botão esse time:


Eu apostava em Diego, o goleiro, por ter, teoricamente, mais experiência que Renan. Mas Dunga conhece muito bem o goleiro do Inter, e o Inter, e fez sua escolha. Muito boa, por sinal. A meta brasileira está em boas mãos, sem dúvida.

Apostava eu também em Breno, por simplesmente achá-lo craque. Mas o fato de não estar jogando, ao contrário de Thiago e Alex, pode ter pesado.

A outra alteração, claro, é a de Robinho. Adiantar Ronaldinho talvez seja mesmo a melhor alternativa.

Nomes à parte, a diferença entre as equipes das pranchetas - a de cima, que imaginava como seria, e a de baixo, que começou o jogo contra o Vietnã - é o posicionamento do meio-campo:


Dunga abandonou o losango na meia-cancha. Lucas joga pela direita e Hernanes pela centro-esquerda, e Anderson fica mais avançado. Ele é terceiro homem de meio campo, com liberdade para cair também pela direita, trocar de lugar com Diego (ou Thiago Neves, se for o caso), e atuar como meia. Anderson tem participado bastante do setor criativo da equipe, sem perder seu poder de marcação. Quando é preciso voltar, ele volta. Quando é preciso avançar, ele avança, livre, por todos os cantos do campo.

Seja qual for o esquema, com ou sem losango, dois ou três volantes, um ou dois meias, a Seleção Olímpica é um timaço. Pelo menos na prancheta.

Esse é o problema: ao menos na prancheta. E no campo?

4 comentários:

carlos pizzatto disse...

*Correção: a seleção do Futebol de Botão tinha Ronaldinho como titular, e o nome de Diego entre parênteses.

Leandrus disse...

No campo tem tudo para dar certo. Se não fizemos amistosos que realmente testem o time, tivemos tempo para treinar e consertar alguns erros. Agora é só rezar...

Adriano Assis disse...

Não querendo ser pessimista, mas já sendo. Acho que a seleção do Dunga não leva o ouro não. Não sei nem se vai levar alguma medalha. Apesar de ter time pra isso.

André Augusto disse...

Discordo quanto ao Renan. Por duas coisas: Dunga dá sempre oportunidade aos "estrangeiros e Diego jogou toda a temporada, enquanto Renan não é absoluto no gol Colorado. Diego foi muitíssimo bem no ALmería e merecia a camisa 1. Coisas de Dunga...

O resto, assino embaixo!