sábado, setembro 19, 2009

Arsenal faz 4 a 0 no 4-1-4-1

Já foi visto aqui no blog que o Arsenal trocou o 4-2-3-1 da temporada passada pelo 4-1-4-1.

Sem Denílson, coube a Diaby trabalhar do lado de Fabregas neste sábado. E a Eboue fazer as vezes de winger pela direita. Foi nesta formação que os Gunners construíram o 4 a 0 sobre o Wigan, no Estádio Emirates.



Os quatro homens da linha do meio-campo são encarregados de se aproximar de Persie, e de entrar na área. A diferença é que o camisa 4 tem o pé pensante, ao contrário dos demais, que têm velocidade na condução de bola (Diaby e Eboue) e habilidade no drible curto (Eduardo).

Os gols foram marcados pelo brasileiro-croata, pelo espanhol e pelo zagueiro-artilheiro belga, que anotou dois (o segundo num tapa categórico de canhota).

4 comentários:

Fábio Tomio disse...

Olá Carlão,

Perceba que o Bayern de Munique usou o mesmo esquema na vitoria contra o Nuremberg por 2x1. sem Mario Gomes, a disposição e 5 no meio com uma linha de 4 avança foi usada.

abraços

Carlos Pizzatto disse...

No comecinho do jogo o 44 do Bayer tava centralizado (como o Song), e o 31 e o 11 estavam em linha (como Diaby e Fabregas).

Antes dos 10 minutos da primeira etapa Schweinsteiger recuou.

Mas, de fato, é uma variação do meio-de-campo do time alemão.

Equipe Esporte Total disse...

Paeabéns Carlão. Blog está muito bom mesmo realmente. Esse esquema é diferente pra mim. E nunca imaginei esse esquema no Brasil, você já imaginou? Dificil na minha opinião. Dá para aprender com esses esquemas táticos que você coloca.
Visite-nos: http://esportetotalbh.blogspot.com/

Saulo disse...

Boa vitória do Arsenal.