quinta-feira, maio 13, 2010

A nova alternativa tricolor

Esta foi a equipe que Ricardo Gomes mandou a campo nesta quarta-feira, no 2 a 0 sobre o Cruzeiro, em pleno Mineirão. Salvo engano, é a quarta ou quinta estrutura tática adotada na temporada.



Richarlyson e Xandão foram os homens do combate e Alex Silva o da sobra. Cicinho e Júnior César avançaram e bateram com Diego Renan e Jonathan.

No meio, pela faixa central, Hernanes fez o vai-e-vem, enquanto, paradoxalmente, Rodrigo Souto ficou mais preso. E na frente, Marlos e Dagoberto foram os atacantes de movimentação (não como pontas), e Fernandão o de referência.

Na verdade os camisas 16 e 25 ora pressionaram a saída de bola, ora voltaram para cercar Fabrício e Henrique. Entre 3-6-1 e 3-4-3, prefiro classificar o esquema tático do São Paulo na segunda opção.

Se em time que está ganhando não se mexe, esta deve ser a formação para o jogo da volta, com Miranda no lugar de Richarlyson.

7 comentários:

Alisson Maurilo disse...

Poxa muito bom! Essas análises dos esquemas táticos dão um prazer a mais ao espetáculo do futebol. Depois de conhecer esse blog, eu estou tentando esquematizar os times no papel; ontem não consegui entender bem o São Paulo por causa das posturas do Marlos e Hernandes, mas o time ficou bem mais combativo.
O que deixou a desejar foi a marcação muito recuada e o número excessivo (Richarlyson) de bolas isoladas.

joão disse...

Será que ele vai sacar o Richarlyson do time? Não creio.

Thiago disse...

como eu te AMO tricolor !!!!
ai CADU prepara o bolso !!!!
haeuhaeuaheuahueahueahuehaueahu
VAMO SÃO PAULO !!! RUMO AO TITULO !!!!!!!

Quini disse...

Com a chegada de Fernandão, não só o Washington mas muitos jogadores perderão posições. Espero que, pelo fraco futebol apresentado, Richarlyson seja um deles.

mArcelo - www.myspace.com/ativarock disse...

A formação do jogo de ontem foi bem interessante, e ficará ainda melhor com o Miranda no lugar do Richarlysson.

Já que os jogadores de meio campo não estão rendendo tão bem, pra entrarem no time titular, num eventual 4-4-2 (caso de Cléber Santana, Léo Lima, Jorge Vagner), é melhor escalar mais um zagueiro de qualidade (Xandão), pois assim a zaga fica ainda mais forte, e pode liberar os alas (Cicinho e Jr Cesar) pra atacar.

O São Paulo sempre se deu bem no 3-5-2, então acho que vale a pena resgatar esse esquema, com todos jogadores, em todas posições, rendendo perto do seu máximo.

Rafaela Andrade disse...

Dessa vez o Ricardo acertou, eu pelo menos acho que sim.

Se perdesse acho que a torcida não perdoaria.

Vou tentar ser mais presente por aqui. Você já conheceu o novo Apenas um Ponto Esportivo? Passa por lá, agora é um time, mas as meninas são dez. Garanto que vais gostar. Um abraço

Gigante Colorado disse...

Opa, tudo bem?
Adorei o blog!
Estou tentando firmar algumas parcerias por aí, se puder dar uma forcinha, eu divulgo vc tbm!
Desde já agradeço!

Abraço, Gabi.