quinta-feira, julho 12, 2012

Verdão de Felipão e Assunção

Cansei de ouvir ontem e hoje que lá no começo ninguém acreditava no Palmeiras. Tanto parte dos jornalistas quanto parte dos próprios jogadores vieram com esse papo. Particularmente nunca acerto previsões, portanto quando acerto, tenho que puxar a brasa para minha sardinha.

No dia 11 de março, exatos 4 meses antes da finalíssima no Couto Pereira, publiquei a seguinte frase no Twitter: "Escrevi esses dias no facebook.com/blogdocarlao, e mantenho a opinião: para mim o favorito ao título da Copa do Brasil é o Palmeiras." E não é que deu certo?



Primeiro, é preciso ressaltar o trabalho de Felipão. Copeiro, o treinador ergueu seu quarto troféu da Copa do Brasil (Criciúma, Grêmio, Palmeiras e Palmeiras). Se não chega a ser Mourinho ou Guardiola no que diz respeito à tática e à estratégia, Scolari sobra na questão emocional. Sabe como poucos liderar e converter o foco do grupo na mesma direção - o que, num torneio de mata-mata, é fatal.

Segundo, destaca-se o elenco. Wesley mal chegou e se machucou. Luan ficou fora da reta final. Barcos perdeu as partidas contra o Coritiba. Valdivia jogou jogo sim, jogo não. E ainda assim os atletas se superaram, compensaram os importantes desfalques e conquistaram os resultados. Bruno assumiu a trave, Henrique atuou como volante, João Vitor e Mazinho foram os ponteiros, Betinho foi a referência na decisão, Valdivia fez a diferença quando esteve em campo, Maikon Leite cumpriu seu papel quando entrou, Daniel Carvalho idem, Thiago Heleno e Maurício Ramos fecharam a zaga, Artur e Juninho as laterais, e, claro, ele, Marcos Assunção, capitão, o principal nome.

E terceiro, o estilo de jogo. Suportado pela bola parada, muito em função do camisa 20, o Palmeiras resolveu com essa arma. Marcou muito forte durante toda a competição, e a maneira do triunfo, invicta, mostra isso.

Agora, daqui pra frente é necessário orquestrar a renovação de Felipão, utilizar o Brasileirão como laboratório, e contratar jogadores visando 2013 - porque, cá entre nós, na Libertadores o buraco é bem mais embaixo.

No Twitter. No Facebook.

Um comentário:

Hugo Farias Baldini disse...

Bela postagem, no meu blog tambe mtem sobre o titulo do palmeiras .. da uma olhada!!! http://debatebolafc.blogspot.com.br/