sexta-feira, agosto 31, 2012

São Paulo deveria tentar Neymar

É papel do treinador participar da composição do elenco. É ele quem, em tese, deve dar o veredicto sobre contratações de jogadores. Na prática, porém, pelo menos no Brasil, não é assim. Muitas vezes o técnico chega no meio da temporada e tem de se adaptar ao plantel, e não o contrário.

É o caso de Ney Franco. Chegou ao São Paulo no meio do ano, encontrou dificuldades dentro de campo nas primeiras semanas, mas hoje engata uma série de vitórias e pontos somados que aproximam o Tricolor do G4. E o mais importante: com o time jogando bem.

Embora muitas pessoas não deem bola à questão tática, a escolha do esquema tem sim a ver com a formação do elenco, com a contratação de atletas para serem encaixados na estrutura tática que o treinador utiliza. No caso do São Paulo, é o 4-2-3-1. E algumas vagas, entre elas a do meia, já estão preenchidas. Por essas e outras o clube do Morumbi não precisa de Ganso. Ou melhor: não "precisa".



Após várias temporadas atrás de um 10 (desde a saída de Danilo, talvez), o São Paulo finalmente encontrou um. Jadson vem sendo um dos principais atletas da equipe, não só por suas assistências e gols, mas também pela experiência, pela maneira de distribuir o jogo, de se comportar no gramado, etc. Enfim, é o meia que o Tricolor tanto procurava. Por isso não "precisa" de Ganso.

Claro que Ganso é bem-vindo em qualquer lugar. Apesar da fase que atravessa, é craque, e não desaprendeu a jogar. Repito: craque. Vai dar a volta por cima e ser elogiado por quem hoje o critica. No entanto, taticamente, as necessidades são-paulinas para essa função são bem atendidas por Jadson.

No 4-2-3-1 de Ney Franco, se Ganso vier, Jadson deve ser deslocado à ponta esquerda. Destro, tem qualidade e velocidade para se adaptar à beirada. Com Lucas na dele, à direita da linha de três, Ganso atuaria pela faixa central, e Luis Fabiano, na referência, iria sair na cara do gol a todo instante. Poderia dar certo. Teria tudo para dar certo. Porém é importante entender que a carência do elenco não é por um meia. Se tem uma posição que é preciso reforçar é a ponta esquerda (Maicon tem jogado por ali, e Osvaldo entrado no segundo tempo). De meia o São Paulo está servido. Falta ao time um ponta-esquerda. Por isso Juvenal Juvêncio e cia deveriam desistir de Ganso e tentar... Neymar!

No Twitter. No Facebook.

Um comentário:

blogdolina disse...

Que foi isso ?
Ironia ?
Quem no Brasil pode comprar o Neymar ?
Nem o Chelsea foi capaz !