quinta-feira, julho 16, 2009

Mineiranazzo

Cabeça no lugar e bola no chão. Isto que faltou ao Cruzeiro. Ao inverso do que se imaginava a Raposa não conseguiu fazer seu jogo em casa. Ao contrário do Estudiantes, que fez muito mais do que apenas catimbar.



Particularmente não acredito que o oba-oba tenha contaminado o vestiário celeste. O resultado do Mineirão foi mais a vitória do Estudiantes do que a derrota do Cruzeiro. É preciso reconhecer o mérito do adversário. Mas sei que isto é difícil.

9 comentários:

Felipe Moraes disse...

Você disse tudo, Carlão: Mineiranazzo.

O Cruzeiro tinha o título na mão e deixou escapar. Também acho que não foi por pedantismo ou arrogância. Faltou equilíbrio e concentração no momento decisivo.

E o Estudiantes, cruelmente competente quando foi preciso.

Abraço,

Felipe Moraes

Jean disse...

Me impressionou a calma do Estuiantes após levar o gol. Ganhou pela tranquilidade e eficiecia no toque de bola. E por ter um gigante no meio campo chamado Verón.

Jean Vieira

Blog do Deco disse...

Por três vezes seguidas o são paulo foi eliminado por brasileiros na Libertadores. Por três vezes as equipes que eliminaram o Sao paulo chegaram a final da competicao. Nas três vezes a final foi disputada no Brasil. E nas três finais o visitante comemorou o título . O Gremio em 2007 contra o Boca,o Fluminense em 2008 contra a LDU e o Cruzeiro neste ano contra o Estudiantes. Pelo jeito praga de são paulino e mais forte que qualquer mandinga!

Rafael Andrade disse...

A mediocridade do Cruzeiro ajudou o time argentino. O time celeste não teve meio campo, o craque ENGANAÇÃO Wagner mais uma vez foi pifio, o Ramires ainda não voltou da Africa do Sul, os laterais não apoiaram, ou seja, não funcionou, e os Deuses do futebol deram a taça a quem mereceu de fato.

GUILHERME RIBEIRO disse...

É não deu para o Cruzeiro, o time lutou lutou mas o titulo ficou com os argentinos....
mas temos que concordar que o título ficou em boas mãos...

Ruy Machado disse...

Vamos ver como se comporta a equipe mineira no Brasileiro. Foi uma pena!

Alexandre Massi disse...

Carlão,

Acho que o Cruzeiro foi longe pq encarou clubes brasileiros. Não é a mesma coisa que enfrentar estrangeiros na Libertadores. Faltou estudo sobre o adversário, faltou tocar mais a bola e povoar o meio-campo, coisas que esse time fez muito bem durante a temporada.

Gabi disse...

Talvez não seja tão difícil reconhecer o mérito do adversário quando se joga da maneira que o Cruzeiro jogou ontem. Torci pra que o time da raposa ganhasse, mas como eles eliminar o tricolor (salve!) me sinto até contente de terem perdido. Difícil mesmo é aceitar que a Argentina tem mais um título da Libertadores agora!

Filipe Araújo disse...

Carlão...o fato de o Cruzeiro já se sentir campeão antecipadamente não tira os méritos dos argentinos, que foram melhores (nos dois jogos). Como disse Boselli, antes do duelo, finais não se jogam, se ganham. E ganhou o Pincha!

Saludos!

http://gambetas.blogspot.com