sábado, julho 11, 2009

Porco papa Timbu e crava os pés no G4

Para quem vinha de um 3 a 0 sobre o Avaí na Ressacada, o que se esperava do Palmeiras diante do Náutico no Palestra era no mínimo uma boa partida. Não deu outra: 4 a 1.



Tamanho foi o controle imposto e a segurança apresentada pelo Verdão que mais parecia que o Alvi-verde tinha algum Ferguson, alguém há decadas no comando, e não um treinador interino.

Obviamente é prematuro querer apontar o dedo de Jorginho no time. Mas que é inegável que o Porco papou o Timbu sem maiores percaussos, é. Embora seja digno de nota a gritante disparidade técnica entre as equipes.

O prognóstico que pode ser feito aos dois para o restante da competição é semelhante ao diagnóstico de momento. Um briga no G4 de cima, e o outro briga no de baixo. Hoje o Palmeiras é vice-líder e o Náutico vice-lanterna.

2 comentários:

GUILHERME RIBEIRO disse...

Já está na hora da diretoria palmeirense olhar para Jorginho com outros olhos..
ele está merecendo ....


e como já disse o Belluzzo técnico é apenas 25% do time o resto é os jogadores que decidem...

Blog do Deco disse...

Assisti ao jogo e vi um Palmeiras controlando este desde o início. Com Luxa, o Time já vinha bem, sem perder a um bom tempo, mas com Jorginho, pareceu-me um Time mais alegre, mais leve. Tudo bem que o Náutico é uma bába, mas o que importa é jogar bem, ter padrão, e fazer com que as chances apareçam e sejam transformadas em gol. E isso, o Palmeiras soube fazer. Abs!