quarta-feira, dezembro 10, 2008

Carlos Alberto Parreira é técnico em palestras

Em sua palestra no Footecon, Carlos Alberto Parreira alertou que os times não devem jogar com dois trombadores no mesmo setor. Principalmente no ataque.

Diz ele que dois foras de série até podem jogar juntos, como Romário e Bebeto em 1994, Tostão e Pelé em 1970.

Mas jamais com dois trombadores.

Ora! E 2006, Seu Parreira?

Adriano nunca primou pela técnica. Foi, é e sempre será centroavante rompedor. E Ronaldo, com seus 100 kg, era um fardo. Pesado.

Diz o palestrante que o bacana é mesclar habilidade com força.

Vá lá, concordo.

Mas então por que a dupla de ataque não foi Adriano (força) e Robinho (habilidade)?

Ah, mas o Ronaldo tinha cadeira cativa, dirá alguém.

Ok, escalsse então Ronaldo e Robinho!

Não dá pra entender. Às vezes parece que este Parreira não era o treinador daquela equipe fiasquenta em 2006.

Ou que ele não é treinador, e vive de palestras.

4 comentários:

Bruno Silva disse...

Pô, Carlão! Até minha mãe sabe que o Parreira não mandava naquela seleção de 2006.

Falar que ele não é técnico é ignorância, me desculpe. Vide Corinthians de 2002,2003.

Abraços!
Bruno Silva
http://ladobdocassete.blogspot.com

carlos pizzatto disse...

Ele desaprendeu.

Guillermo disse...

Robinho???

Além do Parreira, outra pessoa também não entende de futebol.

DÁ-LHE GRÊMIO!!!

Vinicius Duarte disse...

O RJ é pródigo em produção de treinadores-enganations: Joel Santana, Parreira, Zagallo, Renato Gaúcho, Antônio Lopes...