segunda-feira, dezembro 08, 2008

Seleção do Brasileirão 2008

Eu poderia escalar a Seleção do Brasileirão no 4-2-3-1, sistema que mais me agrada. Ou no 3-5-2, que é utilizado por quatro dos cinco primeiros colocados. Mas para poder eleger dois zagueiros, dois laterais, dois volantes, dois meias e dois atacantes, adotei o 4-2-2-2:



Vamos aos argumentos.

Goleiro

Os goleiros dos times do G5 fizeram um belo campeonato. Rogério Ceni manteve sua regularidade no São Paulo; Marcos se recuperou e foi importantíssimo para o Palmeiras; Fábio fechou o gol do Cruzeiro; Assim como Bruno o do Flamengo. Mas o destaque maior no Brasileirão 2008 foi Victor, a muralha do Grêmio. Na fase avassaladora do Tricolor Gaúcho, ele fez a diferença. A camisa 1 da Seleção do Brasileirão está em boas mãos.

Zagueiros

Para mim Fábio Luciano e André Dias foram impecáveis. É verdade que em seus times eles jogaram na sobra. Mas como a Seleção é teórica, não vejo problema em "escalá-los" num sistema com dois zagueiros.

Laterais

Na esquerda a briga, na minha cabeça, ficou entre Juan e Leandro. O que pesou a favor do alviverde é que, se ele não entrasse, o Palmeiras não teria nenhum jogador na Seleção.

E na direita, confesso que não tenho nenhuma convicção ao optar por Vitor, do Goiás. Estou indo na onda da galera.

Volantes

Assim como Victor, Rafael Carioca foi peça-chave naquele trecho da competição onde o Grêmio deslanxou. E Ramires, na minha opinião, é disparado o melhor volante do campeonato.

Meias

Pouca gente fala dele, muitas pessoas destacam Hernanes, Jorge Wagner, Miranda, mas, ao meu ver, Hugo, o camisa 18 tricolor, foi o melhor jogador do São Paulo neste Brasileirão. E, só por isso, merece uma vaga. Já Alex é, para mim, o melhor da temporada. Por isso também merece um lugar. Penso que assim o meio-campo ofensivo da Seleção do Brasileirão está em bons pés.

Atacantes

Que dupla é essa, hein! Há muitas semelhanças entre eles: Dois jogadores talentosos, inteligentes, que sentem o faro do gol, que são bastante jovens, mas possuem a frieza dos grandes veteranos.

Que dupla! Não só para a Seleção do Brasileirão 2008, mas, quem sabe um dia, para a Seleção Brasileira. Futebol para futuramente vestir a amarelinha, eles têm.

9 comentários:

Rakal D'Addio disse...

Boa seleção. Faltou reconhecimento nesta reta final ao desempenho do Rafael Carioca. Minha ressalva é a ausência do Hernanes.

Ricky_cord disse...

O Porto com dificuldades para encontrar um bom lateral esquerdo e Leandro que ainda pertence ao clube português em destaque...

André Augusto disse...

O Alex é bom, mas não foi destaque do Brasilerão para estar numa seleção entre os melhores. E faltou o Hernanes tb.

Na zaga, acho que Thiago Silva e Miranda estão à frente do F. Luciano, enquanto Juan esteve melhor que Leandro, na minha opinião.

Vinicius Grissi disse...

Não concordo com a entrada do Leandro. E colocaria o Hernanes. Mas a sua seleção é MUITO melhor do que aquela bizarra feita pela CBF.

carlos pizzatto disse...

-> Moçada, não faço parte dessa unanimidade que aponta Hernanes como o melhor jogador do campeonato.

Para mim Hernanes não foi sequer o melhor (segundo) volante do campeonato, e sim Ramires.

-> Este campeonato não teve "O" craque. Por isso anulo meu voto.

-> A escolha de Leandro foi pura politicagem.

-> E, opetei por Fábio Luciano não só pela bola que ele joga, mas por sua liderança (foi comum ouvir jogadores do Fla falando positivamente sobre o capitão).

Alexandre Perin disse...

Fora a tua decisão do Leandro, no resto achei bons argumentos. Claro que não concordo com todos, mas ficou bem.

Cleverson Bravo disse...

Leandro na esquerda ainda passa, mas não lembrar de Hernanes no meio é um sacrilégio... enfim

Cleverson Bravo disse...

tá, você usa liderança como critério para Fábio Luciano mas não escala o Tcheco, e pior, coloca o Hugo nesse time... liderança? essa palavra só tem um sinônimo nessa década, em especial no Brasil: Rogério Ceni!

carlos pizzatto disse...

Rogério Ceni é hors concours.