quarta-feira, setembro 19, 2007

Botafogo 1 x 0 River Plate

Pode-se dividir o clássico entre Botafogo e River Plate em quatro partes.

Até os 30' do primeiro tempo o domínio foi do time da casa. O que, na verdade, não significou nada. Apesar de uma ou outra boa jogada de Zé Roberto e Joílson, e da posse da bola, o Glorioso pouco criou. A bola rolou, rolou, mas nada aconteceu. O River, então, não foi a campo.

Nos últimos 15 minutos da primeira etapa, com, agora sim, ótimas jogadas de Joílson e Zé Roberto, o Botafogo foi avassalador. Criou diversas chances, teve bastante oportunidades e enfim, chegou ao gol aos 44' com Joílson num chute de fora da área. O ala-direito foi o melhor em campo (depois de Zé Roberto).

Nos primeiros 30' do segundo tempo, a cena se repetiu. Pouco aconteceu. O jogo tomou ares soníferos. O Fogão nada fez, muito menos o River, que esteve bem meia-boca no jogo de hoje. Meio Boca. E olhe lá.

Faltando 15 minutos para o fim da partida, a síndrome do Botafogo entrou em campo. À frente no placar, o alvinegro é doutor em deixar o adversário crescer. Ao invés do Bota botar lenha na fogueira, a brasa alvinegra vai virando cinza. Os argentinos cresceram. A dominância, que era toda do time de Cuca, foi aos poucos passando para a equipe de Passarela. O coração do botafoguense batia mais forte a cada bola que chegava perto do gol de Max (o que, convenhamos, é compreensível).

Mesmo assim, ao apito final, o Botafogo manteve o resultado: 1 a 0.

3 comentários:

GolesTV disse...

El gol de partido
http://www.golestv.com/681/1_botafogo_VS_river-plate_0

Saludos

carlos pizzatto disse...

Gracias.

Danilo Damasceno disse...

Vitoria magra mais não deixa de ser vitoria, ate porque não tomou gols dentro da sua nova casa, que por sinal é belissima!Abração