terça-feira, junho 30, 2009

Sequelas do Brasileiro de 2005

Se tivesse dado 1 a 0 Inter no Pacaembu será que o tal vídeo seria criado? Creio que não.

Interpreto a atitude de Fernando Carvalho como um sinal de desespero. Em função do placar do jogo de ida, tudo o que pudesse ser feito para tentar reverter a situação seria feito, inclusive fora de campo. Este é um lado.

O outro vem de 2005. O que aconteceu naquele Brasileirão foi o principal combustível para o lançamento deste dossiê, imagino eu.

5 comentários:

Tiago Azevedo de Aguiar disse...

ahh. lógico.
2005 não houve nada.
assim com nunca houve, nem haverá...
mimimi

Bruno Zanette disse...

Realmente o Brasileiro de 2005 foi uma palhaçada. Achei injusto (e olha que sou gremista hein!!!)

Mas esse ato do Fernando Carvalho, só me enche de orgulho por ter escolhido o time certo.

Que golpe baixo. Percebe-se que estão desesperados. Meu Deus! Quantos e quantos times já não foram prejudicados ou beneficiados por erros de arbitragem e eles continuam e continuarão existindo!!! Não será um vídeozinho qualquer que vai acabar com isso.

O que ele fez foi alimentar uma rivalidade que já estava em alta por natureza. Que terão mais atenção ainda com esse jogo de quarta, sem dúvida. Agora imagino eu, que todo e qualquer erro a partir de agora, nesse duelo de gigantes, será mera coincidência...

Abraço e... Dá-lhe Grêmio!!!

onofre disse...

Bruno Zanette,

sou obrigado a discordar. o carvalho acordou a torcida colorada que ficou desanimada com o 0x1 diante da LDU.

se vc for olhar o video poderas perceber que a MSI foi beneficiada em todas as fases, com jogadas comentadas pelos proprios jornalistas.

eu acredito que o inter fara 2 ou 3x0 e estou certo de que sem esse dvd, isso nao seria possivel.

André Augusto disse...

Tadinho do Inter. Nunca foi favorecido numa final ou em jogos decisivos. Infelizmente, o choro de Carvalho não reflete o mérito das conquistas recentes do Colorado. Dentro de campo, fazendo o que sabe bem. Jogando bola.

Bruno Zanette disse...

Onofre, ainda assim sou mais Mano! rsrs