terça-feira, março 23, 2010

El Pibe x La Pulga

É exagero, ou dá pra dizer que Maradona tinha o pé direito do Adriano e a cabeçada do Ronaldo?

Não vi jogar, mas pelo que se fala, não sei se as boas ou más línguas, o cabeceio, a finalização e o passe de direita de Don Diego não eram dos melhores.



Se não for folclore, se de fato o pé destro era cego e a testa pouco afinada, nestes fundamentos El Pibe está atrás de La Pulga.

Afinal, vira-e-messi o camisa 10 do Barcelona deixa o dele de cabeça e de direita (inclusive em final de Champions League).

5 comentários:

@johnnymaxcar disse...

A diferença é que Maradona nunca jogou em um time tão bom igual ao Barça. A seleção de 86 era muito inferior, assim como o Napoli não se compara ao esquadrão azul-grená de hoje.

Carlos Pizzatto disse...

Na verdade este post busca uma comparação específica, entre três fundamentos: o cabeceio, o passe e a finalização com o pé direito (uma vez que ambos são canhotos).

Juliano Pereira Muniz disse...

Acho que comparar Maradona com Messi é válido. O que não é válido é comparar o pibe com Pelé. Maradona não chega nem aos pés do Rei do futebol.

Axadrezado disse...

Carlos, até nesses aspectos a qualidade da equipa tem importância...
Golos de Messi de cabeça são quase sempre golos de baliza aberta e sem impulsão...isto porque teve alguém na equipa para lhe fazer o cruzamento.
Quanto ao pé direito para mim são iguais...ambos têm pé direito cego...

Quanto há comparação total nem vale a pena, Maradona pegou num Napoles banal e fez o que fez...
Pegou numa Argentina banal e também fez o que fez...

Messi têm uma equipa fantástica por trás,destacando aqui Xavi e Iniesta que são o verdadeiro motor do Barça, e ainda por cima jogam juntos há muitos anos.

E mesmo assim vamos esperar para ver quantos troféus vai o Barcelona vencer este ano...

P.S. Maradona marcava de livre e jogava muito melhor com a mão xD

André Augusto disse...

Messi ainda deve na Seleção. Ele fez 4 gols de pé direito, 3 de cabeça e 18 de esquerda, no Espanhol. É um número bom, mas me parece que a genialidade de Maradona está em ser a estrela de um time medíocre, ao contrário de Messi. E Messi ainda deve na Argentina.