terça-feira, março 30, 2010

Virada épica em Munique

Com gol de Olic no último minuto da partida, o Bayern de Munique bateu o Manchester United por 2 a 1, nesta terça, no jogo de ida das quartas de final da Champions.

Sem Robben, os donos da casa se postaram no 4-4-2 em linha, enquanto os visitantes adotaram o 4-5-1 (4-1-4-1).

Pelo lado da equipe de Van Gaal, Ribéry e Altintop atuaram abertos pelas beiradas do campo, e bateram de frente, quando progrediam pelo flanco, com Gary Neville e Evra. Olic e Müller foram marcados por Ferdinand e Vidic. Já Demichelis e Van Buyten, tiveram a árdua tarefa de vigiar Wayne Rooney.



Os laterais Lahm e Badstuber ficaram responsáveis por Park e Nani (e vice-versa). E no miolo do meio-campo, Fletcher duelou com Pranjic, Scholes com Van Bommel, e Carrick ficou na sobra.

Só para registro, a marcação de ambas esquadras foram feitas por zona, eventualmente por pressão, com o adiantamento dos homens de frente, mas jamais individual.

As saídas dos Diabos Vermelhos se concentram pela direita, com as subidas do 24 e os avanços do 17, tanto em diagonal quanto rumo à linha de fundo.

O Bayern, por sua vez, pressionou com o 7 pela esquerda, e com o 21 pela direta. Pouco se viu, na primeira etapa, jogadas tramadas com eficiência pela faixa central do campo ofensivo dos anfitriões.

Ainda no primeiro tempo, nos últimos minutos, Ferguson inverteu o triângulo da meia-cancha: trouxe o camisa 24 para a esquerda, recuou o 18 para o centro e adiantou o 16 para a direita.

No segundo, aos 25 minutos, Berbatov entrou no lugar de Carrick, Valencia no de Park, e desta forma o Manchester United substituiu o 4-1-4-1 pelo 4-4-2 em linha, com Valencia e Nani pelos cantos, Scholes e Fletcher por dentro, e Rooney e Berbatov no ataque.

2 comentários:

Contagiando Multidoes disse...

Bayer ganhou nas costas dos laterais fraquissimos do Manchester...
aindafalam que o Evra é o melhor lateral esquerdo do mundo...

Pedro disse...

A defesa do Manchester United foi muito mal, muito mesmo. Toda hora o Bayern chegava bem, mesmo fazendo uma partida muito fraca.

Olic, apesar do gol da vitória, foi muito mal, morto. Thomas Muller mal. Altintop mal, apesar de algumas jogadas...

Esse Bayern com Robben e Mario Gomez, jogando na Inglaterra, contra um Manchester United sem Rooney, tem tudo para passar de fase.

O United tem que rezar para Berbatov/Macheda decidirem... Berbatov tem que jogar tudo o que ainda não jogou em Manchester e que jogou em Leverkusen/Londres (Tottenham).