terça-feira, março 16, 2010

Inter coloca Chelsea no bolso

Mourinho surpreendeu. Tirou um homem do meio-campo e colocou um atacante desde o início. Mesmo fora de casa, e com o empate a seu favor, o treinador português trocou o 4-4-2 em losango pelo 4-3-3 em triângulo, com Eto'o na ponta direita, Pandev na esquerda e Milito de centroavante.

Desta forma o duelo tático encaixou perfeitamente: pontas com laterais, zagueiros com centroavantes, volantes (Cambiasso e Thiago Motta) com meias (Lampard e Ballack) e meia (Sneijder) com cabeça-de-área (Mikel).



Em pleno Stamford Bridge, em vários momentos a Inter conseguiu marcar por pressão e valorizar a posse de bola no campo ofensivo. Não foi apenas no contra-ataque que a equipe de Milão criou as oportunidades de gol. Os visitantes, diga-se, criaram muito mais chances.

Aos 30 minutos do segundo tempo, ainda com 0 a 0 no placar, e já com Joe Cole no lugar de Ballack, Malouda na lateral esquerda e Kalou (que entrou na vaga de Zhirkov) na ponta esquerda, Mourinho voltou à formação habitual: tirou Pandev, pôs Stankovic, e passou a atuar no 4-2-2 em losango, com Eto'o (pela esquerda) e Milito (pela direita) no ataque (mesmo esquema da prancheta pré-jogo).

Na primeira bola que recebeu na nova posição, o camisa 9 deixou o dele, após linda enfiada de Sneijder, por cima, no ponto futuro.

Para mim, treinador não ganha jogo. Ganha campeonato. Mas não há como não dizer que a ousadia e a competência do técnico da Internazionale fez a diferença na partida desta terça-feira - além, evidentemente, da qualidade técnica e da obediência tática de seus jogadores.

8 comentários:

mdv disse...

"Para mim, treinador não ganha jogo. Ganha campeonato." Muito boa frase. É sua? Então deveria registrá-la, abs M

mdv disse...

Meu blog não é sobre fut, mas às vezes entro no assunto. Veja o que acha, em dois posts, abs M

http://oluziada.blogspot.com/2010/03/para-esclarecer.html

http://oluziada.blogspot.com/2010/03/neimar.html

Futebol ao Cubo disse...

Fala, cara!

Tudo se encaixou pra Inter nesse jogo, com Cambiasso, o mais marcador dos volantes, marcando Lampard, o mais criador dos meias do Chelsea. Fora que nem 3 Mikels parariam Sneijder, o nigeriano é muito fraco e o holandês é craque.

Partidaça de Walter Samuel, incrível como Maradona demorou pra "descobrir" ele como titular da zaga argentina. E o Anelka, mais uma vez, apagado num jogo continental.


Abraços!

Carlos Pizzatto disse...

Valeu, mdv. É minha sim. A original é "Jogador ganha jogo. Treinador ganha campeonato".

Pedro disse...

Concordo com tudo. Antes do jogo, já estava desconfiado desse Chelsea. E no jogo, o Mourinho colocou a Inter no seu devido lugar, lugar de grande europeu.

Não sei se o termo certo é esse, mas isso é NÓ TÁTICO. Discordo um pouco do 4-3-3, acho que a Inter jogou mais no 4-2-3-1, só que os três meio-campistas ofensivos da Inter foram os grandes responsáveis pela vitória. Além de marcarem muito bem a saída de bola do Chelsea (que não conseguiu sair jogando), Sneijder deu um passe monstruoso para o gol do Eto'o e o Pandev jogou para o time. Ah, e quando o Chelsea conseguiu passar por Eto'o, Pandev e Sneijder, bateu de frente com excelentes atuações de Cambiasso, Maicon, Lúcio e Samuel, além de que Thiago Motta e Zanetti não foram mal.

PORÉM, novamente 3 penaltis claros não marcados para o Chelsea. E um lance desses 3 penaltis, ocorreram 2 penaltis no mesmo cruzamento.

Axadrezado disse...

Pedro, também há dois foras de jogo mal assinalados ao Milito com ele isolado...
Milito isolado é quase um penalti xD

Anônimo disse...

Belo post.
O que eu acho mais espetacular é que a Inter "cedeu" o Ibra ao Barça e embolsou U$45mi mais o Etoo.
Detalhe: o Ibra, hoje é banco e o Etoo, como sempre, é decisivo na Champions.
Abs

Carlos Pizzatto disse...

mdv, a escrevi pela primeira vez em agosto do ano passado, no Twitter: http://twitter.com/blogdocarlao/status/3536869944 .

Menos de quatro meses depois, no Arena SporTV, vi que Luxemburgo tem a mesma opinião: http://twitter.com/blogdocarlao/status/6239619867 .