sexta-feira, junho 08, 2007

Capital do futebol latino-americano

O Rio de Janeiro tem cerca de 6 milhões de habitantes e quatro grandes clubes (Vasco, Flamengo, Fluminense e Botafogo).

São Paulo tem três grandes clubes (Palmeiras, Corinthians e São Paulo) e uma população de pouco mais de 11 milhões.

Porto Alegre não chega aos 2 milhões de habitantes.

Tem dois grandes clubes (Grêmio e Inter).

Se comparada com as outras capitais, a gaúcha é bem menor. O poderio econômico - conseqüentemente o dinheiro envolvido no futebol - é menor. A repercussão nacional na mídia é menor.

Mas o futebol é maior. Hoje em dia, é bem maior.

Ano passado, o Inter (vencedor da Libertadores e do Mundial) terminou o Brasileirão em segundo lugar. Em terceiro, o Grêmio.

No ano retrasado, em 2005, o Inter foi vice-campeão brasileiro, e só não foi campeão por motivos de forças maiores. O Grêmio foi campeão. Da Série B, é verdade, mas campeão.

O atual Campeão do Mundo, das Américas e da Recopa, reside em Porto Alegre.

Tal qual seu querido irmão, que está na final da copa latino-americana mais importante de todas, sendo evidenciado da Cidade do México a Buenos Aires.

Certa vez, Luis Fernando Verissimo escreveu:

"- Não somos bons porque somos mais europeus ou mais fortes, somos bons porque o Internacional precisa ser melhor que o Grêmio que precisa ser melhor que o Internacional que morre se não for melhor que o Grêmio."

Não é somente, exclusivamente, isso.

Mas é isso.

Portanto, agradeça ao seu tão amado/odiado rival por ele existir.

5 comentários:

Reanto Bosi de Magalhães disse...

Não vejo o Rio Grande do Sul melhor que os outros Estados. O Inter vem jogando mal o ano inteiro. Fez uma partida boa e foi campeão (de um "campeonato" de dois jogos). O Grêmio vem melhor, mas está longe de apresentar um grande futebol. Joga muito mal fora do Olímpico. Tomou "piabas" do Cúcuta, do Defensor e do Santos.

Danilo Damasceno disse...

Bem lembrado e a maior culpa dessa falta de olofotes, é que a imprensa é bairrista e quando times fora do eixo Rio-São Paulo aparecem eles ao inves de elogiar os outros clubes eles dão um jeito de dizer que os times do eixo principal não estão bem usando isso como disculpa pelo aparecimento dos outros clubes fora do eixo!Abraço

Breiller disse...

O futebol gaúcho está em alta há no mínimo dois anos.

O interessante é que os dois clubes vêm na crescente. Antes, um ou outro conseguia maior projeção.

Sidarta disse...

A história lutas riograndenses é parte dessa explicação tb.

Bruno disse...

É interessante ver esse duelo gaúcho em busca de ser o melhor. Antes quando um estava em alta, o outro ia mal e vice-versa, agora não. Estão conseguindo manter uma certa estabilidade, se bem que o Inter não vem mostrando um bom futebol assim como o Grêmio tb não o faz, mas ambos buscam sempre os resultados, o que é mto importante.