sexta-feira, junho 08, 2007

Noite colorada coroada

Aos 29 do primeiro tempo, Pinto entrou duro na dividida com Iarley, dentro da área: pênalti.

Alex cobrou mal, mas marcou. Inter 1 a 0.

Aos 4 do segundo tempo, Pinga, sóbrio, embreagou a torcida de felicidade, marcando o segundo gol do Internacional.

Alexandre Pato, o melhor em campo, aos 18, marcou o terceiro, com o pé esquerdo.

O quarto e último saiu aos 31. Cruzamento de Pinga, gol-contra de Mosquera.

4 a 0, e o Inter fez o que apenas dois clubes (São Paulo e Nacional) já conseguiram: conquistar a Tríplice Coroa (Libertadores, Mundial e Recopa).

Se meu senso tático não falha, o Colorado se apresentou com o mesmo esquema do Palmeiras, da Seleção... do Grêmio. Dois volantes (Edinho e Wellington Monteiro), uma linha com três meias (Iarley, Pinga e Alex), e apenas um centro-avante (Pato). Diga-se, Pato protege a bola como raros, finaliza de direita e de esquerda com a mesma precisão, sobe muito bem de cabeça, tem velocidade, habilidade, inteligência. Tem tudo para ser um extraordinário centro-avante. Talvez, o grande camisa 9 depois de Ronaldo, embora jogue com a 11.

O Colorado foi imponente do começo ao fim. Jogou com a faca nos dentes. Mostrou pegada e comprometimento durantes os 90 minutos, e atropelou o atual campeão mexicano. Atropelou.

Mais que o prêmio em dinheiro (pouco mais de 1 milhão de reais), mais que a taça na mão e a coroa na cabeça, a Vitória de ontem deu moral à equipe do Inter.

Gallo estava precisando. Os jogadores estavam precisando. A torcida também.

Se o Inter jogasse como jogou ontem, no Brasileirão, o time briga pelo título. O difícil é conseguir manter o ritmo frenético de jogo ao longo de mais de 30 rodadas.

Este é o desafio de Gallo.

Parabéns, Internacional.

E que venha o Brasileirão!

5 comentários:

Sidarta disse...

Pato é Seleção!!!

sonacanela.blogspot.com disse...

parabéns inter, mas tem que fazer muito mais para o brasileirão.

Marcelinho Werkhausen disse...

Só discordo numa coisa...
O melhor em campo foi o Pinga

Rafael Brasil disse...

Parabens ao Colorado, mas não é bom se iludir. Como o resultado demonstrou o Pachuca é muito fragil, vamos ver se com as duas vitorias seguidas e sem sofrer gols o Inter embala de vez.

Vizel disse...

"Pinto entrou duro"

Belo trocadilho HAUHAUHAUAHU