segunda-feira, setembro 15, 2008

As panelas refletem no campo

Mesmo com as nocivas divergências de ideais internas, e com Nilmar sacrificado no esquema tático, o Internacional fez o que só os colorados otimistas esperavam: venceu o embalado Botafogo no Engenhão.


O grande problema do Inter, que reconhecidamente tem um ótimo time, no papel, é de entrosamento. Não só dentro de campo, mas fundamentalmente fora dele. Apesar de não ser primeira capa, é sabido que o elenco do Colorado é dividido.

4 comentários:

Danilo Damasceno disse...

Apesar de nos bastidores existir essas diferenças. O que mais falta ao inter se chama regularidade. Grande Abraço Pizzzatto, o Pitacos esta voltando com tudo, em Outubro novidades.Passe por lá.

gerson disse...

tá bem dividido mesmo. A saída de lideranças do grupo fez surgir um vácuo no grupo.
E união é fundamental. Um exemplo disso: ontem no jogo do xavante falei com uma amiga que torce pro brasil e que veio em uma excursão. ela conhece jogador do time. ele disse que hoje o brasil tem um grupo unido, mas que em 2006, qdo o clube foi pro octogonal final da série C, era cada um pro seu lado. aí a coisa desandou no final, por briga de premiação.
o inter, infelizmente, hoje é um time desagregado.

Filipe Araújo disse...

Confesso que não tinha visto essa divisão no Colorado. Mas acredito que, se existe, não será capaz de ofuscar o talento deste time. pena que foi montado no decorrer da disputa.

Abrazo!

http://gambetas.blogspot.com

ps.: El Cabezón, un grande!

Marcelo Bloc disse...

Explique para o amigo cearense estas divisões no elenco, meu caro...

Mais vale um bom elenco desunido do que um ruim cheio de jogador amiguinho.