quarta-feira, setembro 03, 2008

Dunga comenta posicionamento de Ronaldinho

O que interessa são os primeiros 18 segundos do vídeo:



É verdade, Dunga. Ronaldinho tem uma forma de jogar. A que jogou no Barcelona. Ele rende mais por aquela faixa do campo, ali no ataque, pela esquerda.

A diferença, Dunga, é que o Barcelona de Rijkaard jogava com três atacantes. Messi era o ponta-direita, Eto'o o centro-avante, e Ronaldinho o ponta-esquerda.

Na Seleção, Ronaldinho nunca foi ponta-esquerda. E nunca foi por um simples motivo: a Seleção Brasileira nunca joga no 4-3-3. No 4-2-2-2 de Parreira ele foi o meia-esquerda. E agora, no 4-3-1-2 de Dunga, Ronaldinho tem jogado no ataque, como segundo atacante.

E é aí que está o erro.

Segundo atacante tem que cair pelos dois lados. Segundo atacante não pode jogar só por um lado do campo. A não ser que a dupla de ataque seja formada por dois segundos atacantes. Caso contrário, caso a equipe jogue com um centro-avante de área, o segundo atacante tem que, obrigatoriamente, buscar o jogo pelos dois lados.

Manter Ronaldinho jogando como segundo atacante preso à esquerda é um equívoco, Dunga. Ou mande-o cair pelos dois lados, ou coloque-o na meia. Ou ponha-o no banco.

5 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Com dois volantes de boa pegada, e Kaká indo e voltando, o Brasil pode jogar com Ronaldinho, Robinho e um centro-avante (Kléber Pereira?). Ficaria um time muito forte.

tiago araújo disse...

Muito bom este blogue.

visite e comenta e no meu

http://www.campeoesfcporto.blogspot.com/

carlos pizzatto disse...

Sou defensor assíduo do ofensivo 4-3-3, Vinícius. E concordo contigo.

Com dois bons volantes, dois pontas de muita movimentação, e dois laterais que avançam com moderação, acredito no sucesso do 4-3-3. Inclusive na Seleção que vai pegar Chile e Bolívia.

Vou colocar no "Futebol de Botão", quinta ou sexta, uma prancheta com os titulares e o posicionamento em campo que julgo serem os melhores para o Brasil.

Marcelo Bloc disse...

O problema é que nosso dentuço não tem condições físicas nem de atuar no meio-campo, muito menos de ficar caindo pelos dois lados. Eu colocaria Nilmar e Luis Fabiano no ataque.

carlos pizzatto disse...

Acho que no meio-de-campo ele pode jogar, Marcelo. Mesmo num 4-3-3. Mesmo longe da forma ideal. Como está mais pesado e lerdo, Ronaldinho atuaria ali pelo grande círculo, fazendo a bola girar, lançando a bola para os companheiros, estilo maestro de meio-campo, estilo, sei lá, Riquelme, Gérson, Didi...